PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Henry esclarece porque abandonou as redes sociais: "Não é um lugar seguro"

Técnico do Montreal Impact, Thierry Henry - USA TODAY USPW
Técnico do Montreal Impact, Thierry Henry Imagem: USA TODAY USPW

Colaboração para o UOL, em São Paulo

26/03/2021 21h27

Thierry Henry resolveu abandonar seus perfis nas redes em uma ação contra o racismo e o bulling online. Em justificativa, o ex-jogador deixou claro que só retomaria os hábitos caso as empresas de tecnologia oferecessem mais segurança a quem sofre os ataques.

Em entrevista para a 'CNN Sport', Henry deixou claro que vê as redes sociais como um lugar não seguro, por isso tomou a decisão.

"Não é um lugar seguro e não é um ambiente seguro. Eu queria tomar uma posição ao dizer que é uma ferramenta importante que, infelizmente, algumas pessoas se transformam em uma arma porque podem se esconder atrás de uma conta falsa", disse ele.

Ainda no assunto, o ídolo do Arsenal e Barcelona, que tem 2,3 milhões de seguidores no Twitter, pontuou que espera que sua atitude possa inspirar as pessoas em tomar decisões parecidas em prol desta melhora que reivindica.

"Não estou dizendo que não é bom ter mídia social, estou apenas tentando dizer que tem que ser um lugar seguro Basicamente, eu fiz o que senti e espero que isso possa inspirar as pessoas a fazerem a mesma coisa se elas se sentirem da mesma maneira", finalizou.

Futebol