PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ceará empata com o Botafogo-PB e mantém invencibilidade na Copa do Nordeste

Vina, do Ceará, perdeu um pênalti na partida contra o Botafogo - Israel Simonton / Ceará SC
Vina, do Ceará, perdeu um pênalti na partida contra o Botafogo Imagem: Israel Simonton / Ceará SC

Bruno Fernandes e Josué Seixas

Colaboração para o UOL, em Maceió

25/03/2021 23h04

Classificação e Jogos

O Ceará empatou nesta quinta-feira (25), em 1 a 1, com o Botafogo-PB, no Estádio Almeidão, na Paraíba, em partida válida pela quinta rodada da Copa do Nordeste. Em jogo fraco tecnicamente e com equipes que não conseguiam desenvolver jogadas ofensivas, os gols da partida foram marcados por Welton, aos 34 da primeira etapa, e Jael, aos 10 minutos do segundo tempo. O Ceará está há 17 partidas sem derrotas no regional.

A equipe cearense se manteve no G4 do Grupo A, na terceira posição. O Vozão soma sete pontos: uma vitória e quatro empates. Já o Belo está em situação mais complicada, em 7º lugar no Grupo B. São quatro pontos até aqui, com quatro empates e uma derrota. Pelo Nordestão, o Botafogo-PB já entra em campo no próximo domingo (28), contra o Treze, fora de casa. Já o Ceará joga na próxima quarta-feira (31) e recebe o CSA.

Primeiro tempo de pouca emoção

O primeiro tempo da partida foi dominado pelo Botafogo-PB. Durante a etapa inicial, o Belo se mostrou mais organizado em campo, teve mais posse de bola e desenvolveu uma marcação no meio, atrapalhando a transição do Ceará. Quando o Vozão conseguia avançar e chegar ao campo de ataque, encontrava uma equipe paraibana bem postada defensivamente, impedindo que o Ceará chutasse para o gol.

Belo abre o placar no contra-ataque

Welton abriu o placar no Almeidão após jogada de contra-ataque criada pelo defensor Joaquim, aos 34 minutos. O zagueiro arrancou da área defensiva pelo lado direito após cobrança de escanteio mal aproveitada pelo Vozão, entrou na área e serviu para o atacante apenas empurrar a bola para a rede e abrir o placar.

Ceará ensaia reação no segundo tempo

Na primeira chegada do Ceará à grande área do Belo, Vina pegou a sobra, aos 2 minutos, e acertou um chute fazendo a bola explodir no travessão da equipe paraibana. Um minuto depois, Marcos Aurélio também aproveitou a sobra da defesa do Ceará e bateu forte, de canhota, só que muito longe do gol.

Vozão empata no Almeidão

Jael, em seu primeiro gol pelo Ceará, foi o responsável por igualar o marcador para os cearenses. Aos 11 minutos, Eduardo cruzou pelo lado direito. O atacante que entrou no segundo tempo estava dentro da pequena área e, de carrinho, colocou no fundo da rede. A jogada surgiu após uma falha defensiva do Botafogo-PB, que entregou a bola para a equipe adversária na entrada da grande área. Juninho cruzou para dentro da área e Jael só aproveitou.

Virada desperdiçada

Aos 27 minutos, o Vozão teve pênalti marcado a seu favor após o atacante Mendonza ser derrubado na grande área. Vina cobrou e chutou no travessão. Aos 38, Oliveira arriscou uma bomba de longe e obrigou o goleiro Felipe a fazer uma defesa bonita.

Quem foi bem

O zagueiro Joaquim foi a surpresa da partida ao se posicionar sempre na frente das tentativas da equipe cearense de armar jogadas de perigo. O defensor também foi responsável por armar toda a estratégia de contra-ataque que resultou no gol do Belo, no Almeidão. O zagueiro cruzou o campo, tocou para Welton e saiu para comemorar.

FICHA TÉCNICA
COPA DO NORDESTE - 5ª RODADA
Botafogo-PB 1 x 1 Ceará

Data: 25/03/2021 (Quinta-feira)
Local: Almeidão (PB)
Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro/AL
Auxiliares: Ruan Luiz de Barros/AL e Ana Paula dos Santos/AL
Cartões amarelos: Tsunami (BOT), Sávio (BOT) Clayton (BOT), Jael (CEA), Marlon (CEA) e Oliveira (CEA)
Gols: Welton Felipe (BOT), aos 34' 1º T (1-0) e Jaeil (CEA), aos 11' 2º T (1-1)

Botafogo-PB: Felipe, Rodrigo Ramos (Lagoa), Samuel Souza, Joaquim, Tsunami (Lucas Gabriel), Rogério, Juninho, Marcos Aurélio (Clayton), Pablo, Welton Felipe (Roniel) e Rafael Oliveira (Sávio). Técnico: Marcelo Vilar.

Ceará: Richard, Eduardo, Jordan, Luiz Otávio, Bruno Pacheco, Oliveira, Fernando Sobral (Marlon), Vina (Jorginho), Mendoza, Felipe Vizeu (Jael) e Saulo Mineiro (Yony González). Técnico: Guto Ferreira.

Futebol