PUBLICIDADE
Topo

Carioca - 2021

Vasco reage contra Botafogo e arranca empate ruim para os dois no Carioca

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/03/2021 20h00

Classificação e Jogos

O Vasco esteve muito próximo da sua quarta derrota em cinco jogos nesse Campeonato Carioca. O time, no entanto, reagiu no fim da partida e arrancou o empate por 1 a 1 com o Botafogo, hoje (21), em São Januário. Zeca marcou contra para o Alvinegro, e Carlinhos deixou tudo igual no fim.

O resultado é muito ruim para as duas equipes. O Vasco soma o segundo ponto e se mantém na vice-lanterna do Estadual. O Botafogo, por sua vez, chega aos seis pontos, mas cai para quinta posição e sai da zona de classificação para as semifinais.

O Vasco recebe o lanterna Macaé na próxima quarta-feira, em São Januário. Já o Botafogo encara o Flamengo, também na quarta, no Nilton Santos.

Lucão vai bem e salva o Vasco

Não fosse pela boa atuação de Lucão, o Vasco teria perdido o clássico diante do Botafogo. Com duas boas defesas quando sua equipe já perdia, o camisa 28 foi bem quando acionado e não teve responsabilidade alguma no gol sofrido. Por baixo, o goleiro tentou participar da construção na saída de bola e também não complicou.

Vasco: lentidão e falta de imaginação marcam atuação

O Vasco entrou em campo precisando da vitória para renascer no Campeonato Carioca, mas faltou imprimir um ritmo mais forte para quebrar a organização do rival, que abriu o placar e tentou se aproveitar dos espaços deixados para contra-atacar. Sem imaginação e velocidade, os donos da casa foram um time previsível, que pouco agrediu o adversário. Com os homens de meio muito presos, a equipe sofreu para superar as linhas do rival e foi muito pouco eficiente na hora de retomar a bola. Já na base do abafa, a equipe chegou ao empate com Carlinhos.

Botafogo perde gols e é castigado

Após início de jogo irregular, o Botafogo abriu placar e se encontrou em campo. Mais confiante, o time teve jogadas bem trabalhadas e criou inúmeras oportunidades para ampliar. Lucão salvou o Vasco, mas a pontaria certamente é algo a ser trabalhado por Marcelo Chamusca para a sequência do trabalho. No fim, os donos da casa conseguiram empate e deram números finais à partida. Um castigo em meio a tantos gols perdidos.

Vasco quase marca

Logo no início do jogo, o Vasco quase abriu o placar. Thalles Magno recebeu no meio de campo e teve liberdade para girar em cima da marcação e enfiar bola para Tiago Reis em profundidade. O centroavante finalizou para boa defesa de Douglas Borges.

Douglas Borges salva de novo

O jogo era morno e preso no meio de campo, mas as melhores chances de marcar eram do Vasco. Sempre que isso acontecia, no entanto, Douglas Borges mostrava a segurança necessária para salvar o Botafogo. Foi justamente o que aconteceu aos 28 minutos, quando Ricardo aproveitou desvio para finalizar de cabeça.

Botafogo abre placar com gol contra de Zeca

Na primeira boa trama de ataque, o Botafogo abriu o placar. Jonathan iniciou jogada pela direita e chutou em cima da marcação. A bola sobrou para Marcinho levar o lance para o lado esquerdo de ataque, passando pelos pés de Warley e Matheus Frizzo. O volante cruzou buscando Matheus Babi, mas viu Zeca se antecipar e mandar para as próprias redes.

Isolado, Tiago Reis é figura apagada

Sem ser municiado pelos homens de meio e com os laterais tímidos, o atacante Tiago Reis foi figura apagada em São Januário. Não fosse por uma conclusão logo nos primeiros minutos de jogo, o centroavante vascaíno não seria notado. Em busca de mais mobilidade, o técnico Marcelo Cabo nem esperou a volta para o segundo tempo e tirou o atleta, que foi substituído por Laranjeira.

Botafogo faz pressão e para em Lucão

O Vasco mudou no intervalo, e o Botafogo manteve o mesmo time titular. Indicativo que o Alvinegro estava mais satisfeito com o desempenho. E isso ficou claro no início do segundo tempo, quando o time fez pressão e por muito pouco não ampliou. Rickson arriscou de longe e parou em boa defesa de Lucão. Em outro chute do volante, a bola desviou e sobrou para Warley, que mandou para fora. Por fim, Matheus Babi ainda mandou de cabeça no ângulo para grande atuação do goleio vascaíno.

Vasco rouba bola e acerta a trave

Sem criatividade, o Vasco conseguiu levar perigo ao roubar a bola no campo de ataque. Andrey recuperou e cruzou para Douglas Borges se esticar todo. Na sobra, MT pegou de primeira, acertou ao travessão e quase arrancou empate. Botafogo melhor, com mais oportunidades, mas precisa matar o duelo.

Vasco marca no fim

O Vasco arrancou empate na base do coração. O time de Marcelo Cabo se aproveitou de uma bola parada para reagir na partida. Marquinhos Gabriel bateu escanteio da direita, Laranjeira desviou no primeiro pau, e Carlinhos, livre, completou para o gol.

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 BOTAFOGO

Competição: Campeonato Carioca, Taça Guanabara
Data: 21 de março de 2021, domingo
Hora: 18h (de Brasília)
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Wagner do Nascimento Magalhães
Assistentes: Thiago Henrique Neto Corrêa Farinha e Andréa Izaura Maffra Marcelino de Sá
Gols: Zeca (contra), aos 34 minutos do primeiro tempo; Carlinhos, aos 41min do segundo tempo
Cartões amarelos: Paulo Victor, Marcelo Benevenuto (BOT); Gabriel Pec, Marcelo Cabo e Zeca (VAS)
Cartões vermelhos:

Vasco: Lucão; Zeca, Ricardo Graça, Ernando (Miranda) e MT (Vinícius); Bruno Gomes, Andrey (Carlinhos), Gabriel Pec, Marquinhos Gabriel e Talles Magno (Léo Matos); Tiago Reis (Laranjeira) Técnico: Marcelo Cabo

Botafogo: Douglas Borges; Jonathan, Kanu, Marcelo Benevenuto e Paulo Victor (Felipe Ferreira); Rickson (Enio), Zé Welison (Gilvan) e Matheus Frizzo (Kayque); Marcinho, Warley e Matheus Babi (Navarro). Técnico: Marcelo Chamusca