PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras demonstra interesse em Ademir, atacante do América-MG

Ademir (à esq.) comemora gol marcado pelo América-MG contra o Avaí, em jogo da Série B 2020 - Fernando Moreno/AGIF
Ademir (à esq.) comemora gol marcado pelo América-MG contra o Avaí, em jogo da Série B 2020 Imagem: Fernando Moreno/AGIF

Bruno Andrade, Guilherme Piu e Thiago Ferri

Do UOL, em Lisboa, Belo Horizonte e São Paulo

19/03/2021 13h48

O Palmeiras demonstra interesse na contratação de Ademir, atacante do América-MG. Os clubes ainda não estão em negociações, mas o jogador se recusou a entrar em campo ontem (18) pelo Coelho e gerou um desgaste grande no clube mineiro. Pessoas envolvidas nas conversas já sabem do desejo do Verdão em contar com o atleta.

Ademir ficou fora até do banco de reservas na partida contra o Treze-PB, em jogo da primeira fase da Copa do Brasil. O América-MG venceu por 1 a 0 e passou de fase. A atitude de Ademir foi alvo de críticas pesadas por parte do presidente do Coelho, Alencar da Silveira Júnior, que chamou o ato de "molecagem".

A diretoria do América-MG já sabe que Ademir está sendo cobiçado no mercado da bola, mas alega que não recebeu contatos oficiais até o momento. O jogador decidiu não atuar depois de uma conversa com seu agente, e por isso não se apresentou com o restante do grupo para entrar no ônibus rumo ao estádio.

Além do Palmeiras, o Athletico-PR também é um dos clubes interessados no jogador de 26 anos. Ademir veste a camisa do América-MG desde 2017, após ser contratado do Patrocinense, clube da Primeira Divisão do Campeonato Mineiro. Pelo Coelho já são 81 jogos e 17 gols marcados.

A euforia do mercado e os interessados surgem por questões contratuais, já que o vínculo do jogador com o time mineiro é válido até o fim de 2021.

Ademir é um ponta canhoto, que joga pelo lado direito, e no Palmeiras é visto como uma oportunidade interessante de negócio, pois fez uma boa Série B. Sua possível negociação é comparada a de Breno Lopes, que veio do Juventude para preencher uma lacuna no elenco e acabou sendo decisivo ao fazer o gol do título da Copa Libertadores, contra o Santos.

Palmeiras