PUBLICIDADE
Topo

Gaúcho - 2021

Grêmio vence de novo e dorme líder do Gauchão, mesmo com 2 jogos atrasados

Guilherme Azevedo comemora gol do Grêmio contra o Aimoré pelo Campeonato Gaúcho - Maxi Franzoi/AGIF
Guilherme Azevedo comemora gol do Grêmio contra o Aimoré pelo Campeonato Gaúcho Imagem: Maxi Franzoi/AGIF

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

19/03/2021 21h53

Classificação e Jogos

O Grêmio venceu o Aimoré, por 2 a 0, hoje (19), na Arena, pela quinta rodada do Gauchão. Mesmo que tenha dois jogos atrasados, o Tricolor assumiu a liderança da competição.

Isso sendo que os titulares ainda nem jogaram. As três vitórias conquistadas até agora foram obtidas pelos reservas ou jovens que nem sequer fazem parte do elenco principal. Com 9 pontos, a equipe azul, branca e preta, que também não teve Renato Gaúcho no comando hoje, lidera o campeonato com a mesma pontuação do São Luiz, mas na frente graças ao saldo de gols. O Aimoré, por sua vez, é sétimo colocado com seis pontos.

A liderança, porém, pode ser perdida com os jogos que completam a rodada. Inter e Caxias estão com sete pontos e podem ultrapassar no domingo. O Ypiranga, que também tem sete, joga na segunda-feira, quando o Grêmio estará de novo em campo recuperando uma de suas partidas atrasadas, contra o São José, no Passo D'Areia, às 20h (de Brasília).

Foi bem: Artilheiro presta homenagem a amigo vítima da covid-19

Ricardinho marcou o segundo gol do Grêmio na vitória sobre o Aimoré. Na comemoração, o atacante se emocionou e, no intervalo, revelou o motivo para ter se ajoelhado e chorado no gramado da Arena. Ele perdeu uma pessoa importante no início de sua carreira, vítima da covid-19.

"Depois do jogo de terça [16], recebi a notícia da morte de um cara que foi um pai para mim no futebol. Araújo, o nome dele. Se não fosse ele, eu não estaria aqui. Ele morreu de covid. Este gol é para ele, para a família, um abraço e muita força para todo mundo", disse.

Foi mal: Goleiro do Aimoré falha e pede falta

No gol de Ricardinho, o goleiro Raul falhou. Uma falta desviada na barreira teve uma tentativa de domínio do atacante gremista. O defensor da meta do Aimoré demorou para ir na bola, não segurou, acabou dividindo com o atleta rival e sofreu o gol. Prontamente reclamou falta, não marcada pelo árbitro.

Brenno faz milagres

No segundo tempo, quando o Aimoré começou a chegar ao ataque, Brenno brilhou. O goleiro fez ao menos três grandes defesas, evitando os gols do adversário.

Pedro Lucas distribui bons passes

Campeão do Mundial Sub-17 com a seleção brasileira, Pedro Lucas foi novidade na escalação gremista. Seu rendimento foi além do esperado. Dos pés dele partiram os principais passes que colocaram os atacantes do Tricolor em condições de conclusão. Uma enfiada precisa, por exemplo, acabou no pênalti sofrido e marcado por Guilherme Azevedo.

O jogo do Grêmio: Dominante e absoluto

O Grêmio foi dominante e absoluto em campo. Com posse de bola beirando os 70% no primeiro tempo, o time treinado por Alexandre Mendes rondou a área atrás dos melhores espaços. Eles foram encontrados por Pedro Lucas, que colocou Guilherme Azevedo em condições de conclusão no lance do pênalti, e Ricardinho que, por pouco, não marcou antes de estufar a rede. Em momento algum, ainda que o Aimoré tivesse uma chance desperdiçada por Neto Baiano e outra parando em grandes defesas de Brenno, o time de Porto Alegre se viu ameaçado.

O jogo do Aimoré: Nervoso e pouco inspirado

O Aimoré fez pouco para merecer algo melhor na partida. Com um início muito defensivo e apostando em contra-ataques, teve uma chance isolado quando estava 0 a 0, mas a viu perdida no chute para fora de Neto Baiano. No restante do jogo, foi um time muito físico, mas pouco técnico, cometeu erros de domínio e passe aos montes e só foi perigoso em lances de bola parada e cruzamentos.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO 2 X 0 AIMORÉ

Data: 19/03/2021 (Sexta-feira)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Árbitro: Lucas Horn
Auxiliares: Mauricio Coelho Silva Penna e Henrique Soares Coromberk
Cartões amarelos: Wesley (AIM); Ruan (GRE);
Gols: Guilherme Azevedo, do Grêmio, aos 32 minutos do primeiro tempo; Ricardinho, do Grêmio, aos 41 minutos do primeiro tempo;

Grêmio
Brenno; Vanderson, Rodrigues, Ruan e Cortez; Lucas Araújo (Fernado Henrique), Darlan (Varela), Ferreira, Pedro Lucas (Bitello) e Guilherme Azevedo (Léo Chú); Ricardinho (Emanuel).
Técnico: Alexandre Mendes (auxiliar).

Aimoré
Raul; Bruno Ferreira, Renato, Ricardo Thalheimer e Lucas Sampaio; João Denoni, Marabá (Janeudo), Isaías (Everton Júnior) e Wesley (Marcelinho); Érico Júnior (Luís Soares) e Neto Baiano (Ricado Verza).
Técnico: Gilson Maciel.