PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Boca e River se unem para resgatar a memória de vítimas da ditadura

Emanuel Mas e Ignacio Fernandez disputam bola no último superclássico entre Boca Juniors e River Plate - Gabriel Sanchez/Anadolu Agency via Getty Images
Emanuel Mas e Ignacio Fernandez disputam bola no último superclássico entre Boca Juniors e River Plate Imagem: Gabriel Sanchez/Anadolu Agency via Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

19/03/2021 17h18

Boca Juniors e River Plate anunciaram hoje uma campanha em conjunto com a Secretaria de Direitos Humanos da Nação para resgatar a memória de vítimas da ditadura militar da Argentina, que aconteceu de 1976 a 1983.

"O objetivo é que tenham o contato com as respetivas instituições, com o objetivo de conhecer as suas histórias de vida e reivindicar o seu estatuto societário no quadro de uma política de memória, verdade e justiça", diz parte do comunicado.

A ação foi alvo de muitos elogios nas redes sociais. Boa parte dos internautas parabenizaram a atitude extra-campo tomada pelos dois maiores clubes do futebol argentino.

Confira a nota na integra:

Futebol