PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2021

Vasco segura pressão da Caldense, fica no empate e avança na Copa do Brasil

Marquinhos Gabriel, do Vasco, em partida contra a Caldense válida pela primeira fase da Copa do Brasil 2021 - ESTADÃO CONTEÚDO
Marquinhos Gabriel, do Vasco, em partida contra a Caldense válida pela primeira fase da Copa do Brasil 2021 Imagem: ESTADÃO CONTEÚDO

Do UOL, no Rio de Janeiro (RJ)

18/03/2021 19h28

Classificação e Jogos

O Vasco permanece sem vencer na temporada, mas avançou à segunda fase da Copa do Brasil. A equipe cruz-maltina empatou em 1 a 1 com a Caldense, na tarde de hoje (18), no estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG), e se valeu da vantagem no ranking nacional para permanecer no torneio. Marquinhos Gabriel, em cobrança de falta, abriu o placar e Bruno Oliveira, no fim, deixou tudo igual.

Os comandados de Marcelo Cabo fizeram um bom primeiro tempo, mas a equipe da casa melhorou na etapa final e pressionou bastante, não conseguindo o triunfo por pouco.

O próximo adversário cruz-maltino na competição será mais um clube mineiro, a Tombense, que eliminou o Nova Mutum, do Mato Grosso. O Vasco volta a campo no domingo (21), no clássico com o Botafogo, pelo Campeonato Carioca.

Bom para os cofres

Com a classificação, o clube de São Januário garantiu uma premiação de R$ 675 mil, levando-se em consideração que está no grupo III do torneio. Vale ressaltar que, com o rebaixamento à Série B do Brasileiro, o clube terá um ano com finanças mais modestas.

Mudança de horário

A partida foi realizada às 17h30 (horário de Brasília) em virtude do decreto de lockdown por parte do governo de Minas Gerais. O duelo estava marcado, inicialmente, para 21h30.

Ainda sem vencer

O Vasco ainda não saiu de campo com um resultado positivo nesta temporada. Antes do empate desta noite, a equipe perdeu para a Portuguesa-RJ e Volta Redonda e empatado com o Nova Iguaçu — todos jogos pelo Campeonato Carioca.

Zeca estreia no Vasco

Reforço para 2021, o lateral Zeca fez a primeira partida com a camisa do Vasco. As outras duas contratações, o zagueiro Ernando e o meia Marquinhos Gabriel, haviam estreado diante do Nova Iguaçu, em São Januário, no último final de semana.

Lateral Zeca fez a estreia pelo Vasco no duelo com a Caldense, pela Copa do Brasil - Reprodução / Twitter Vasco - Reprodução / Twitter Vasco
Imagem: Reprodução / Twitter Vasco

Início 'estudado' e susto para Caldense

O jogo começou com os clubes ainda se estudando. No caso do Vasco, ainda valia a adaptação ao gramado, que "prendia" a bola. A primeira oportunidade mais clara foi da equipe cruz-maltina, quando Gabriel Pec achou Tiago Reis entrando nas costas da defesa. O atacante driblou Passarelli, mas perdeu o ângulo e a zaga cortou o cruzamento. Pouco depois,Passarelli defendeu finalização de Andrey que ia no ângulo esquerdo.

Gol de reforço

Marquinhos Gabriel, um dos reforços do Vasco para a temporada, abriu o placar em cobrança de falta ainda no primeiro tempo, contando com um desvio na zaga adversária. Foi o primeiro gol dele com a camisa cruz-maltina.

Marquinhos Gabriel comemora , acompanhado por Talles Magno, gol na vitória do Vasco sobre a Caldense pela Copa do Brasil - WAGNER SIDNEY SILVA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO - WAGNER SIDNEY SILVA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO
Imagem: WAGNER SIDNEY SILVA/FUTURA PRESS/FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Que isso, Pec?

Logo no início do segundo tempo, o Vasco quase ampliou a vantagem. MT cruzou e Tiago Reis cabeceou. Passarelli fez a defesa e, no rebote, Pec, na pequena área, mandou para fora.

Pressão mineira

Com a necessidade de virar o placar, a Caldense se lançou para cima do Vasco e empurrou o adversário para o campo de defesa, pressionando e criando algumas chances. A equipe de Marcelo Cabo, por sua vez, encontrava dificuldade para sair do campo defensivo.

Empate na reta final

A pressão da Caldense deu resultado. Quando o jogo entrava na reta final, a equipe da casa chegou ao empate com Bruno Oliveira, que aproveitou rebote e, sem marcação, finalizou no canto esquerdo de Lucão.

Tudo ou nada

A Caldense foi para o tudo ou nada e assustou bastante o Vasco. Já nos acréscimos, Bruno Oliveira quase fez, ao finalizar de primeira em sobra de bola levantada na área. Cabo, por sua vez, tentou fechar a defesa e deixar o setor mais sólido.

FICHA TÉCNICA
CALDENSE 1 X 1 VASCO

Competição: Copa do Brasil, primeira fase
Local: Estádio Ronaldão, em Poços de Caldas (MG)
Data: 18/03/2021, quinta-feira
Horário: 17h30
Árbitro: Vinicius Gonçalves Dias (SP)
Auxiliares: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Luiz Alberto Andrini Nogueira (SP)
Cartões amarelos: Zeca, Juninho, Leo Matos (VAS)
Cartão vermelho: -
Gols: Marquinhos Gabriel, do Vasco, aos 33'/1ºT; Bruno Oliveira, da Caldense, aos 36'/2ºT

Caldense: Passarelli, Danilo Belão, Jonathan, Guilherme Martins e Verrone; Gabriel Tonini, Lucas Silva, Bruno Oliveira e David Lazari (Dênis); Rafael Peixoto (Rincon) e Amarildo (Denilson). Técnico: Marcus Grippi

Vasco: Lucão, Zeca (Léo Matos), Ernando, Ricardo Graça e MT (Leandro Castan); Bruno Gomes, Andrey, Marquinhos Gabriel (Juninho) e Gabriel Pec; Talles Magno (Vinícius) e Tiago Reis (Cano). Técnico: Marcelo Cabo