PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Palmeiras joga bem com reservas no Allianz e vence fácil o São Caetano

Palmeiras comemora gol na partida contra o São Caetano pelo Campeonato Paulista - Ettore Chiereguini/AGIF
Palmeiras comemora gol na partida contra o São Caetano pelo Campeonato Paulista Imagem: Ettore Chiereguini/AGIF

Do UOL, em São Paulo

11/03/2021 20h54

Classificação e Jogos

Os reservas do Palmeiras tiveram uma boa atuação e venceram o São Caetano hoje (11), por 3 a 0, no Allianz Parque, em duelo atrasado da primeira rodada do Campeonato Paulista 2021. Tony (contra), Breno Lopes e Lucas Lima fizeram os gols do triunfo sem sustos do atual campeão do torneio.

Com parte do elenco em recesso após o título da Copa do Brasil, o Verdão não teve nem Abel Ferreira no banco de reservas. O técnico tem viagem marcada ainda hoje para Portugal, onde vai passar alguns dias de descanso. Seu auxiliar João Martins foi quem comandou a equipe.

O Palmeiras chegou a quatro pontos em dois jogos no Paulista —antes, havia ficado no 2 a 2 com o Corinthians, também com reservas. O Verdão é o terceiro no Grupo C, atrás de Ituano e Red Bull Bragantino, que já somam sete e cinco pontos, respectivamente, mas com três partidas disputadas. O São Caetano, com um ponto em três rodadas, é o lanterna do Grupo D.

Os dois times têm jogos marcados para domingo (14): o Verdão recebe a Ferroviária, às 16h, e o Azulão joga contra o Corinthians, às 19h, no Anacleto Campanella.

O MELHOR: LUCAS LIMA LIDERA GAROTOS

Depois de recusar o período de recesso, Lucas Lima não só foi titular, como recebeu a faixa de capitão contra o São Caetano. O camisa 20 não decepcionou e fez uma boa partida, distribuindo o jogo e ditando o ritmo na imponente vitória do Palmeiras. Ainda fez seu gol —com grande ajuda de Luiz, é verdade.

O PIOR: LUIZ TEM NOITE RUIM

Aos 38 anos de idade, o goleiro do São Caetano teve uma atuação fraca no Allianz Parque. Seu primeiro erro foi ao segurar com a mão um recuo de bola dentro da área, mas o pior veio minutos depois, no gol de Lucas Lima. O goleiro se atrapalhou com o chute fraco do meia do Palmeiras e acabou aceitando.

KUSCEVIC SENTE NO AQUECIMENTO

A dupla de zaga do Palmeiras seria Kuscevic e Alan Empereur, mas o chileno sentiu um incômodo no aquecimento e precisou ser substituído. Renan entrou no seu lugar e obrigou Empereur a mudar de posição: o camisa 33 saiu do lado esquerdo e atuou na maior parte do tempo pelo lado direito da zaga alviverde.

ATUAÇÃO DO PALMEIRAS

Sem Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Viña, Felipe Melo, Raphael Veiga, Rony, Luiz Adriano, Veron e Willian, que estão em recesso, os reservas do Palmeiras fizeram um grande primeiro tempo. Com toques rápidos e abusando de jogadas ensaiadas, o Verdão jogou com cerca de 70% de posse de bola durante todo o tempo e pressionando o São Caetano. No segundo tempo, o ritmo foi mais baixo, mas a atuação como um todo foi elogiável.

ATUAÇÃO DO SÃO CAETANO

Ainda sem vencer no Campeonato Paulista, o time do ABC cometeu erros graves ao longo da partida, a começar pelo gol contra de Tony, que abriu o caminho da vitória alviverde. A única chance de gol veio ainda no primeiro tempo, em cobrança de falta de Charles, que Vinicius Silvestre pegou. Desempenho preocupante para o futuro no Estadual.

CRONOLOGIA DO JOGO

O Palmeiras começou o jogo pressionando o São Caetano no campo de ataque e abriu o placar já aos 11 minutos, após uma jogada ensaiada no escanteio, que terminou com o cruzamento de Alan Empereur e o desvio de Tony contra o próprio gol. Aos 36, Lucas Lima passou para Breno Lopes chutar forte e fazer o segundo, quatro minutos depois, o próprio meia foi às redes, em chute que Luiz não conseguiu pegar.

Na etapa final, o ritmo diminuiu, e o auxiliar João Martins aproveitou para rodar ainda mais o elenco. O quarto gol do Verdão acabou não saindo pelos erros no último passe antes da conclusão. Giovani, atacante de 17 anos, até foi às redes aos 42, mas o lance foi anulado por impedimento. Seria seu primeiro gol pelo Palmeiras, logo no segundo jogo pelo profissional.

UM ANO SEM PÚBLICO NO ALLIANZ PARQUE

Ontem (10), véspera do jogo contra o São Caetano, completou um ano sem público no Allianz Parque. A vitória sobre o Guaraní (PAR), no dia 10 de março de 2020, pela Copa Libertadores, foi a última com torcedores na arena —foram 28 mil presentes naquele triunfo por 3 a 1. Os portões estão fechados por causa da pandemia do novo coronavírus, que está neste momento em seu momento mais grave no Brasil. Por esse motivo, é possível que o Paulistão pare na semana que vem.

CAMPEONATO PARA NA SEGUNDA?

O futuro do Paulistão ainda é incerto, já que o governador João Doria (PSDB) anunciou a paralisação do campeonato entre os dias 15 e 30 de março, como uma forma de combater o agravamento da pandemia do novo coronavírus no estado. A Federação Paulista de Futebol anunciou que será realizada uma reunião na segunda (15) para discutir com o governo uma forma de não atrapalhar o calendário da competição. A ideia é manter a final no dia 23 de maio.

FICHA TÉCNICA
PALMEIRAS 3 x 0 SÃO CAETANO

Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 11 de março de 2021, quinta-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Alex Alexandrino
Cartões amarelos: Caetano, Luiz (SCA)
Cartões vermelhos: -

GOLS: Tony (contra), aos 11 minutos do primeiro tempo (1-0); Breno Lopes, aos 36 minutos do primeiro tempo (2-0); Lucas Lima, aos 40 minutos do primeiro tempo (3-0)

PALMEIRAS: Vinicius; Mayke, Alan Empereur, Renan e Esteves (Victor Luis); Danilo (Fabinho), Patrick de Paula e Gabriel Menino; Lucas Lima (Giovani), Gustavo Scarpa (Wesley) e Breno Lopes (Gabriel Silva). Técnico: João Martins (auxiliar)

SÃO CAETANO: Luiz; Tony, Lucas Dias, Caetano e Fernando Júnior; Anderson Braz (Daciel), Charles e Diego Cardoso; William (Warian), Filipe (Guilherme Pira) e Carlinhos (Marcinho). Técnico: Wilson Júnior

Futebol