PUBLICIDADE
Topo

Paulista - 2021

Governo de SP ignora recomendação e decide manter os jogos do Paulistão

Campeonato Paulista está sendo realizado durante a fase vermelha do Plano São Paulo - Rodrigo Coca/Agência Corinthians
Campeonato Paulista está sendo realizado durante a fase vermelha do Plano São Paulo Imagem: Rodrigo Coca/Agência Corinthians

Do UOL, em São Paulo

10/03/2021 14h18

Classificação e Jogos

O governo do estado de São Paulo decidiu não seguir a recomendação do MP (Ministério Público) para paralisar os eventos esportivos no momento de agravamento da pandemia do novo coronavírus. Assim, os jogos do Campeonato Paulista de futebol podem acontecer normalmente. O anúncio foi feito hoje em entrevista coletiva comandada pelo governador João Doria (PSDB).

São Paulo está na fase vermelha do Plano São Paulo, que é a mais restritiva do plano de controle da pandemia da covid-19. Ontem, o procurador-geral de Justiça de São Paulo, Mario Sarrubbo, recomendou a paralisação de eventos esportivos, inclusive partidas de futebol, na fase vermelha. Já hoje, o coordenador do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, Paulo Menezes, disse que a recomendação entra em um estudo de novas medidas que podem ser tomadas.

"Essas recomendações do Ministério Público acompanham justamente a discussão de medidas que podem ser necessárias para além do que temos hoje na fase vermelha. Estamos trabalhando medidas que possam de fato aumentar o nível de isolamento social. Não tomamos medidas em função de um setor ou outro. Precisamos reduzir o contato entre as pessoas. Isso se faz ficando em casa", afirmou.

"Já tivemos um resultado positivo nesses primeiros dias de fase vermelha com aumento do isolamento social. Em relação às recomendações, elas podem fazer parte de uma série de medidas que vão se somar ao que já temos hoje e estamos trabalhando nisso, e o governador vai anunciar isso se for necessário", acrescentou.

Mais cedo, a FPF (Federação Paulista de Futebol) divulgou nota dizendo que se reuniu com representantes do Ministério Público de São Paulo e do governo estadual para debater a manutenção das competições da entidade, como o Campeonato Paulista.

"A Federação Paulista de Futebol informa que reuniu-se na manhã desta quarta-feira (10) com representantes do Ministério Público Estadual e do Governo do Estado para discutir a manutenção de suas competições profissionais e segue à disposição do poder público para esclarecimentos", disse a FPF.

Segundo o blog de Danilo Lavieri, a reunião realizada entre entidade e governo na manhã de hoje definiu que a situação será avaliada dia a dia e poderá mudar de acordo com a pressão pública. Ainda no encontro, Doria deixou avisado que não há prazo para que a sua decisão mude e pediu que todos ficassem de sobreaviso.

Ainda nesta reunião, a FPF mostrou todo o investimento que faz em protocolos de segurança, testes e ressaltou que quase não há casos graves no que passou a ser chamado "bolha do futebol".

Partidas da Copa do Brasil

Já o secretário-geral da CBF (Confederação Brasileira de Futebol), Walter Feldman, falou hoje em transmissão online sobre como a entidade pretende lidar com as partidas da Copa do Brasil em estados que estão suspendendo jogos de futebol, o que não é o caso de São Paulo até o momento.

"Posição no futebol hoje, não apenas da CBF, das federações estaduais e dos clubes, é de que o calendário deve ser mantido como contribuição ao futebol, mas particularmente como contribuição ao combate à pandemia", declarou Feldman.

"Partidas da Copa do Brasil evidentemente mantidas. Se por acaso houver algum estado onde não possam ser realizadas partidas, já há uma decisão do ano anterior, acertada com as federações e os clubes, que, onde não fosse possível a realização das partidas, elas seriam realocadas para outras cidades ou estados."