PUBLICIDADE
Topo

Grêmio

Jogo entre Ayacucho e Grêmio acontecerá no Equador após veto por covid-19

Jogo entre Ayacucho e Grêmio acontecerá em Quito após veto por covid-19 - Instagram
Jogo entre Ayacucho e Grêmio acontecerá em Quito após veto por covid-19 Imagem: Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

08/03/2021 15h31

A Conmebol divulgou hoje que o jogo de volta entre Ayacucho e Grêmio, pela fase 2 da Libertadores da América acontecerá em Quito, no Equador. A partida não será no Peru, país do adversário do clube brasileiro, por conta de um veto das autoridades relacionado à pandemia de covid-19.

A situação foi explicada por Rolando Bellido, presidente do Ayacucho, em entrevista ao 'Fútbol como campo', do RPP Notícias: "O que Ayacucho FC está passando é uma incerteza. Já havíamos feito os trâmites para jogar em Cusco, mas recebemos um documento que nos nega devido à entrada de brasileiros."

Com a situação resolvida, o confronto será no dia 16 de março, às 21h30 (de Brasília), no Estádio Olímpico, em Quito. O jogo de ida será na Arena do Grêmio, na próxima quarta-feira, 10, no mesmo horário citado acima.

Este será o primeiro desafio do Grêmio após a derrota na final da Copa do Brasil para o Palmeiras. Caso passe pelos peruanos, o clube gaúcho terá a terceira fase pela frente, até chegar na fase de grupos.

Grêmio