PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Estudo, vídeo, correção e observação: a semana de Ariel Holan no Santos

Holan auxilia jogadores do Santos em treino no CT Rei Pelé - Ivan Storti
Holan auxilia jogadores do Santos em treino no CT Rei Pelé Imagem: Ivan Storti

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

06/03/2021 04h00

Apesar de ter chegado à Baixada Santista no último sábado, Ariel Holan e seus auxiliares iniciaram os trabalhos no Santos há mais tempo. Antes mesmo de chegar ao Brasil, os argentinos já estudavam o São Paulo. Rival que enfrentará no clássico de hoje (6), às 19h, no Morumbi, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Por meio de vídeos, os estrangeiros procuraram entender posicionamentos, quais os jogadores mais agressivos e características dos santistas que podem anular os adversários. Ontem (5), aliás, Holan reuniu o elenco para ver a jogos do São Paulo para criarem estratégias.

No jogo do meio da semana, contra a Ferroviária, em que o time empatou em 1 a 1 na Vila Belmiro, os auxiliares do comandante santista anotaram tudo que puderam: nomes que chamaram a atenção, posicionamentos, aspectos positivos de jogo, correções, marcas e observações sobre estilos de jogadores que encaixavam na ideia de jogo.

Eles querem, o quanto antes, terem informações completas do elenco para conseguirem colocar as ideias internas em prática. Holan, aliás, já sabe com quais Meninos da Vila irá contar.

Na semana do novo clube, Holan, como antecipou o UOL Esporte, pediu ao presidente Andres Rueda que investisse em tecnologias para aprimorar seu trabalho. E foi atendido. A Catapult Sports, empresa de tecnologia que tem como parceiros gigantes europeus como Real Madrid (ESP) e Bayern de Munique (ALE), além da seleção da França, foi contratada nesta semana.

No Brasil, Flamengo, São Paulo e Red Bull Bragantino estão entre seus clientes. Holan indicou a Catapult ao Alvinegro por já ter utilizado a ferramenta na Universidad Católica (CHI), sendo mais completa e avançada

Ariel também já se reuniu com todos os departamentos do CT Rei Pelé para alinhas o projeto de futebol, como o auxiliar-técnico Marcelo Fernandes, o diretor de futebol Jorge Andrade, o grupo de análise e desempenho, médicos e comunicação.

Futebol