PUBLICIDADE
Topo

Futebol

À espera de Ramírez, Inter garimpa craques para reforçar time em 2021

Meio-campista Johnny comemora gol pelo Inter contra o Pelotas - Ricardo Duarte/Inter
Meio-campista Johnny comemora gol pelo Inter contra o Pelotas Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Do UOL, em São Paulo

05/03/2021 04h00

Escalar um time formado nas categorias de base neste começo de temporada 2021 já vem dando frutos para o Internacional. Em duas rodadas do Campeonato Gaúcho, os "guris" do Colorado vêm chamando a atenção, com destaque para três deles: os meio-campistas Johnny, Lucas Ramos e o atacante Guilherme Pato.

No empate por 2 a 2 diante do Pelotas, ontem (4), pela segunda rodada do Estadual, foi a vez de Lucas Ramos, de 20 anos de idade, aparecer. Vestindo a camisa 10, ele atuou como o dono do time. Deu ritmo às jogadas com criatividade e mostrou a habilidade típica de um armador. Para completar, fez o segundo gol do Inter em um chute de fora da área.

Apesar do desempenho destacado do meio-campista, o técnico Fábio Matias, que está comandando a garotada enquanto Miguel Angel Ramírez não inicia seu trabalho, evitou falar das qualidades individuais de seu pupilo, mas elogiou o entrosamento com Johnny, outro atleta oriundo das categorias de base do Colorado.

"Falar individualmente do jogador é complicado. Ele tem feito bons jogos, de regular para bom, acima do que é esperado neste momento. Mas temos que dar tempo ao tempo. Ele está evoluindo e tem um casamento interessante com o Johnny na zona central, combinando a característica dos dois. A tendência é evoluir mais", declarou o treinador.

Johnny, de 19 anos de idade, é outro atleta que tem aparecido bem nestas duas rodadas. Ele, porém, já vinha integrando o elenco profissional do Inter na temporada passada atuando como volante. Diante do Pelotas, Johnny, que é nascido nos Estados Unidos e já jogou pela seleção norte-americana, atuou mais avançado no meio-campo e apareceu dentro da área para finalizar, o que agradou seu comandante.

Além de marcar o primeiro gol, de cabeça, Johnny também vem conquistando espaço pela sua versatilidade. "É um jogador que pode atuar de 5 ou de 8. Pela característica que tem, jogar à frente é interessante. Vai estimular muitas coisas nele, com relação a fazer gol, finalizar, pisar na área. Vamos pensar que ele é meio-campista. Vai ser interessante para a carreira dele", comentou Matias.

Completando o trio de destaques, Guilherme Pato começou com tudo ao marcar o gol da vitória do Inter sobre o Juventude na primeira rodada. Contra o Pelotas, ele não balançou as redes, mas mostrou a movimentação importante para um atacante de lado e ainda fez o cruzamento para Johnny fazer o primeiro gol colorado.

Aos 20 anos de idade, Pato foi emprestado para a Ponte Preta na temporada passada, o que, segundo o treinador, serviu para auxiliar no crescimento profissional do atleta. "Ele voltou num nível bom de maturidade. Ficou 20 dias parado após a Série B e retornou faz uma semana. Fez treinos de parte física e técnica. Agora a tendência é evoluir conforme vai treinando e jogando."

O próximo desafio dessa garotada será na próxima segunda-feira (8), no Beira-Rio, contra o São Luís, pela terceira rodada do Estadual -o Inter ocupa a terceira colocação, com quatro pontos. Neste mesmo dia, o elenco profissional se reapresentará para dar início à temporada 2021 sob o comando de Miguel Angel Ramírez.

Futebol