PUBLICIDADE
Topo

Corinthians

Mancini ganha novas opções táticas no Corinthians com os garotos da base

O meia Vitinho é observado de perto por Vagner Mancini no Corinthians  - Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians
O meia Vitinho é observado de perto por Vagner Mancini no Corinthians Imagem: Rodrigo Coca/ Ag. Corinthians

Yago Rudá

Colaboração para o UOL, em São Paulo

02/03/2021 04h00

Classificação e Jogos

A chegada de jogadores promovidos das categorias de base abre novas opções táticas para Vagner Mancini no Corinthians. Preocupado em montar uma equipe mais equilibrada em relação ao time da temporada 2020, o treinador estuda as características de cada um dos reforços caseiros do elenco para encaixar com o estilo de jogo dos atletas mais experientes. A ideia é mesclar juventude com jogadores calejados para criar um time mais competitivo.

No último domingo (28), contra o Red Bull Bragantino, Mancini utilizou o atacante Rodrigo Varanda aberto pelo lado direito. No segundo tempo da partida, promoveu a entrada do centroavante Cauê. Os dois jogadores são versáteis, estão acostumados a atuar em outras posições do sistema ofensivo e podem ser utilizados pela comissão técnica em diferentes esquemas táticos.

O mesmo vale para outros nomes da base recém-promovidos. É o caso, por exemplo, do meia-atacante Vitinho, que pode atuar como ponta, como falso 9 ou até mesmo centralizado no meio de campo. O volante Mandaca também pode ser utilizado mais recuado na linha de marcação ou até mesmo mais próximo dos meias e atacantes, chegando à área adversária para finalizar.

"É necessário que tenha uma mescla de experiência e organização com os jovens que vão chegar. Hoje [domingo] vi o Rodrigo [Varanda] muito bem, vi o Cauê também muito bem e isso abre uma perspectiva interessante. O Cauê mostrou que pode ser muito útil. Fico feliz porque abre uma possibilidade grande de alterar a equipe", explicou Mancini, após o jogo em Bragança Paulista, ao falar sobre as novas opções táticas disponíveis no elenco — algo que não estava tão disponível no Corinthians na última temporada.

Diariamente, a comissão técnica trabalha para entrosar os garotos da base com os jogadores mais antigos do elenco, que já estavam no clube em anos passados. Embora a reformulação tenha sido motivada pela crise financeira vivida pelo Corinthians, a mescla entre atletas experientes com os recém-promovidos é algo que tem agradado Mancini.

A tendência é de que já contra o Palmeiras, amanhã (3), às 19h (horário de Brasília), na Neo Química Arena, a equipe volte a ser escalada com alguns nomes da base entre os titulares. O Corinthians pretende surpreender o rival ao fazer uso de toda a versatilidade dos jogadores formados na base.

Corinthians