PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Inter anuncia Miguel Ángel Ramírez como novo treinador

Divulgação
Imagem: Divulgação

Jeremias Wernek

Do UOL, em Porto Alegre

02/03/2021 17h28

O Internacional anunciou hoje (2) Miguel Ángel Ramírez como novo treinador do clube. O espanhol acertou contrato de dois anos e chega para substituir Abel Braga, que deixou o estádio Beira-Rio logo após o fim do Campeonato Brasileiro. Junto com o novo técnico, chegam mais três profissionais estrangeiros para formar a nova comissão técnica.

O auxiliar técnico Martín Anselmi, o preparador físico Cristóbal Fuentes e o analista de desempeno Luis Piedrahita se juntam a Ramírez para compor a nova comissão técnica do time gaúcho.

Aos 36 anos, o ex-comandante do Independiente Del Valle (EQU) estava apalavrado com o Inter desde o final de 2020 e esperava o término do Brasileirão para desembarcar em Porto Alegre e assinar contrato.

O Internacional manteve acordo com Miguel Ángel Ramírez mesmo durante a arrancada do time de Abel Braga no Campeonato Brasileiro. A pedido de Abel, os dirigentes vetaram desembarque do europeu no Brasil ainda em janeiro.

Desde dezembro, Inter e Ramírez mantiveram contatos frequentes sobre a temporada de 2021. Na Espanha, o treinador recebeu informes sobre o elenco principal, categorias de base e até estrutura física do clube. Por outro lado, os dirigentes leram pedidos e sugestões do técnico.

Miguel Ángel Ramírez nasceu em Las Palmas, na Espanha, e começou a carreira no futebol em 2004, no clube da cidade. Passou, também, por Alavés e Aspire, na Espanha, antes de chegar à América do Sul. Em 2018, assinou com o Independiente Del Valle, do Equador, para atuar com jovens em formação no clube. No ano seguinte, se tornou treinador principal e liderou o time na conquista da Copa Sul-Americana.

O histórico com formação de jogadores teve grande peso na decisão do Inter, que pretende investir pesado na política de captação de desenvolvimento de jovens.

Em 2020, Ramírez chegou a ser tentado por outros clubes brasileiros. Flamengo, Palmeiras e mais recentemente São Paulo falaram com o espanhol. Aos dois primeiros, a resposta foi de que era preciso esperar o fim da temporada com o Del Valle. Para os dirigentes tricolores, a negativa se baseou no acordo com o Internacional.

Futebol