PUBLICIDADE
Topo

Copa do Brasil - 2020

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

"Grêmio precisa ressuscitar". Blogueiros analisam favoritismo em decisão

Renato Gaúcho durante a final da Copa do Brasil entre Grêmio e Palmeiras - Fernando Alves/AGIF
Renato Gaúcho durante a final da Copa do Brasil entre Grêmio e Palmeiras Imagem: Fernando Alves/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

01/03/2021 12h18

Resumo da notícia

  • Blogueiros dizem se Grêmio mostra condições de virar ou Palmeiras é franco favorito
  • Juca: "Condições de reagir todos têm. Mas Grêmio atual precisa mesmo é ressuscitar"
  • Perrone: "Grêmio precisa melhorar muito em pouco tempo para virar, mas é possível"
  • Coutinho: "Vantagem é boa, mas time paulista já mostrou oscilações recentemente"

O Palmeiras saiu na frente na decisão da Copa do Brasil e venceu o Grêmio por 1 a 0 na noite de ontem (28), em Porto Alegre, no primeiro confronto da final. Os times voltam a se enfrentar já no próximo domingo (7), agora no Allianz Parque, sendo que o Alviverde pode até empatar para levar a taça.

Baseado no que as equipes apresentaram na primeira decisão e vêm apresentando nos demais jogos, o Grêmio mostra condições de virar e ficar com o título ou o Palmeiras é franco favorito no duelo? Fizemos essa pergunta aos colunistas do UOL Esporte, que veem pouca chance de a equipe de Renato Gaúcho reverter a situação. Confira:

Palmeiras é favorito absoluto. Grêmio vai precisar de um espasmo de bom futebol, que é o que sobrou do trabalho do Renato Gaúcho, para reverter no Allianz Parque.
ANDRÉ ROCHA

Grêmio pode virar, até porque não existe esporte em que a lógica seja tão desmoralizada como o futebol. Agora, vai precisar jogar o que não vem jogando há bastante. E, mais, o Palmeiras também não tem sido o melhor dos times. A final está aberta. Serão 90 min de batimentos cardíacos em alta.
ANDREI KAMPFF

Palmeiras tem leve favoritismo, mas poderia já entrar com jogo resolvido se tivesse feito os dois gols claros que perdeu. Com o 1 a 0, tudo ainda é possível.
DANILO LAVIERI

Condições de reagir, em futebol, todos têm. Mas o Grêmio atual precisa mesmo é ressuscitar. Sim, o Palmeiras é favoritaço. Só não pode entrar em campo pensando assim, como fez com o River Plate e quase se deu mal.
JUCA KFOURI

O Palmeiras é favorito porque já tem a vantagem no resultado e porque o Grêmio apresenta um futebol ruim, sem ideias. Mas é um jogo só e a vantagem é mínima, é claro que não há nada decidido.
JULIO GOMES

No jogo em Porto Alegre mais uma vez o Palmeiras de Abel Ferreira dominou o Grêmio de Renato no 11 contra 11. Vantagem de empatar em uma decisão não é desprezível e Palmeiras é favorito para domingo que vem.
MARCEL RIZZO

O segundo título de Abel Ferreira no Palmeiras está próximo. O time foi muito consistente no primeiro jogo e o Grêmio tem jogado mal.
MENON

O Palmeiras está no embalo da sorte de campeão, a mesma que teve na final da Libertadores contra o Santos. Conseguiu uma vantagem monumental em Porto Alegre, levando-se em consideração a expulsão pra lá de infantil do Luan. Só perde para o Grêmio se jogar tão mal quanto jogou contra o River Plate na semifinal da Libertadores em casa.
MILTON NEVES

O Grêmio precisa melhorar muito em pouco tempo para virar, mas é possível. Pela vitória em Porto Alegre, vejo favoritismo do Palmeiras. Mas duvido que seja moleza.
PERRONE

Palmeiras favorito absoluto. Mas, apesar de o Grêmio ter um time inferior e estar em má fase, nunca se deve menosprezar um clube que é chamado de "Imortal ".
RENATO MAURÍCIO PRADO

Palmeiras já era favorito e agora ainda mais. A vantagem é muito boa e o futebol apresentado pelo Grêmio no jogo de ida mostrou que o Palmeiras tem tudo para se sagrar campeão.
RODOLFO RODRIGUES

A diferença de gols é muito pequena para cravarmos um favoritismo franco ao Palmeiras. A vantagem é boa, mas o próprio time paulista já mostrou suas oscilações recentemente. O Grêmio, porém, vai precisar jogar muito mais para vencer. Ontem fez mais um jogo como vários nas últimas três temporadas. Maior posse de bola, mas pouca criatividade, ausência de movimentos coordenados perto da área adversária, muita dependência individual.
RODRIGO COUTINHO

Palmeiras é o favorito pela vantagem do primeiro jogo e pelo também pelo desempenho. Mostrou sua marcação agressiva, jogadores em melhor fase técnica e criou mais chances no primeiro jogo. Para reagir, Grêmio terá que mostrar um futebol que não exibiu nos últimos ou contar com o acaso.
RODRIGO MATTOS

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL