PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Gandula vê time sofrer contra-ataque, invade o campo e impede gol; assista

Menino não titubeou em salvar a bola em cima da linha - Reprodução/Twitter/@IshaqChebli
Menino não titubeou em salvar a bola em cima da linha Imagem: Reprodução/Twitter/@IshaqChebli

Colaboração para o UOL, em São Paulo

01/03/2021 16h43

A importância do gandula no futebol, geralmente, é lembrada naqueles minutos finais de mata-mata, quando o relógio já não corre mais e o torcedor aflito com a chance da classificação escapar grita a cada bola que sai do campo.

Contudo, em um jogo entre reservas da segunda divisão da Argélia, disputado neste final de semana, um gandula foi além da função de repôr — ou não — a bola em campo e acabou se firmando como, literalmente, o 12º homem do HB Chelghoum Laid na partida contra o MO Batna.


Foi graças a essa cena à la fim de pelada que o gandula se consagrou. O time visitante aproveitou o contra-ataque a partir do escanteio e levou a bola com velocidade até o campo de ataque.

Ao ver que o goleiro de seu time já estava vendido na jogada, o menino correu para perto da trave e não titubeou em salvar a bola em cima da linha.

Apesar de não ter sido um gol, a atitude do gandula valeu como um. O placar final da partida acabou em 2-1 para o time da casa, que não somou pontos, nem eliminou o adversário, visto que se tratava de um jogo entre reservas.

Ao menos o garoto pode dizer que virou manchete em jornais de esporte de todo o mundo, por conta do vídeo que viralizou na web, fazendo muita gente sorrir, com exceção, é claro, dos jogadores do MO Batna, que podem dizer que o "placar moral" da partida foi um empate.

Futebol