PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

Juca Kfouri: O campeonato só poderia terminar com o suspense todo do VAR

Do UOL, em São Paulo

26/02/2021 18h46

A cena que marcou a conquista do oitavo título do Flamengo no Brasileirão não foi exatamente a habitual, com a comemoração de um gol no último minuto como foi o de Gabigol na Libertadores de 2019, ou uma defesa importante do goleiro, mas a apreensão dos jogadores acompanhando pelo telefone celular os instantes finais do jogo entre Internacional e Corinthians, com a decisão do VAR no gol anulado de Edenílson por impedimento.

No podcast Posse de Bola #103, Juca Kfouri afirma que a cena que melhor representou o Campeonato Brasileiro de 2020 foi justamente o suspense em relação à decisão do VAR, que ganhou indevido protagonismo na competição.

"Lembro que esse campeonato só poderia terminar com o suspense do VAR, com todo o time do Flamengo e a torcida, a nação rubro-negra assistindo àquele momento crucial, dramático, se seria validado ou não o gol", afirma Juca.

"O 'Covidão' terminou sob a égide do VAR, deste VAR que realmente que foi a pior coisa do Campeonato Brasileiro, e olhe que houve coisas ruins, mas o VAR conseguiu ser realmente aquilo que há de pior", completa.

O jornalista afirma ainda que a rivalidade que se criou entre Internacional e Corinthians a partir da disputa do título brasileiro de 2005 ganhou mais um episódio no jogo de ontem com o time alvinegro atrapalhando a busca do Colorado pelo título, com direito a provocação e suposição por parte do ex-presidente corintiano Andrés Sanchez de que a equipe gaúcha entregou jogo em 2007 para rebaixá-lo.

"A rivalidade Corinthians e Inter ou Inter e Corinthians acabou tendo um ingrediente a mais. Nasce em 2005, naquele campeonato do pênalti no Tinga que resulta na expulsão do Tinga e não na do Fábio Costa, lembro a desconfiança que há, e o ex-presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, até fez menção a isso ontem nas redes sociais que o Inter entregou o jogo para o Goiás para derrubar o Corinthians em 2007, que o Corinthians ganhou do Inter a final da Copa do Brasil de 2009", conclui.

Posse de Bola: Quando e onde ouvir?

A gravação do Posse de Bola está marcada para segundas e sextas-feiras às 9h, sempre com transmissão ao vivo pela home do UOL ou nos perfis do UOL Esporte nas redes sociais (YouTube, Facebook e Twitter).

A partir de meio-dia, o Posse de Bola estará disponível nos principais agregadores de podcasts. Você pode ouvir, por exemplo, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts, Amazon Music e Youtube --neste último, também em vídeo. Outros podcasts do UOL estão disponíveis em uol.com.br/podcasts.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol