PUBLICIDADE
Topo

Santos

Holan terá "grupo grande e garotos maduros" no Santos, avalia auxiliar

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

26/02/2021 04h00

Encerrado o Brasileirão 2020, o auxiliar-técnico do Santos, Marcelo Fernandes, entende que Ariel Holan terá um "grupo grande e garotos maduros" para trabalhar, assim que assumir o Peixe na semana que vem. Mesmo com a derrota por 2 a 0 para o Bahia, ontem (25) à noite, o interino ficou satisfeito com os reservas que entraram em campo. A segunda etapa terminou com dez jogadores revelados pela categoria de base.

"Prontos, sim, até porque têm maturação pela necessidade do clube. Maturação abrupta até. São garotos de personalidade. Terminamos com dez [Meninos da Vila em campo]. É bom para o clube que vive problema sério extracampo em termo financeiro. Garotos valem ouro, têm futuro brilhante. O Santos está bem servido com os que vieram e os que não vieram. E o Ariel [Holan] terá um grande grupo para trabalhar", disse Fernandes, que assumiu o time após a despedida de Cuca, na rodada anterior.

Ângelo foi quem mais chamou a atenção na partida. O garoto de 16 anos teve desempenho acima da média e deu trabalho aos baianos com seus passes e dribles. No momento, ele é a maior promessa para a temporada 2021.

O Santos ainda está impedido pela Fifa de registrar novos atletas por causa de débitos com o Huachipato devido ao imbróglio na contratação de Soteldo. Para, enfim, encerrar o transfer ban, a diretoria cogita assumir uma dívida do time chileno com o empresário do atleta venezuelano.

Desta forma, Holan terá que utilizar o que tem à disposição. O presidente Andres Rueda já afirmou que não fará loucuras e trará apenas reforços pontuais.

Sem Lucas Veríssimo, negociado com o Benfica, e Diego Pituca, que foi para o Kashima Antlers, do Japão, o treinador argentino terá que reinventar o time titular. No momento, Sandry é quem deve ficar na vaga do meio-campo, enquanto a zaga tem um pouco de mistério.

Laércio, candidato à titularidade, teve uma fissura na região proximal da fíbula esquerda e uma lesão ligamentar de tornozelo esquerdo. Por isso, a vaga está em aberto. Luiz Felipe tem ganhado espaço ao lado de Luan Peres.

Ariel Holan chegará no Brasil amanhã (27) e iniciará seu trabalho no Peixe na próxima semana. Estudioso, ele já conhece boa parte do elenco e assistiu a jogos do Santos nos últimos dias. Além disso, já entrou em contato com profissionais do clube, como o gerente de futebol Jorge Andrade, o preparador de goleiros Arzul, e o próprio Marcelo Fernandes para colher informações.

Holan está empolgado com a possibilidade de trabalhar com os mais jovens e quer entrosá-los com os jogadores mais experientes.

Santos