PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro paga dívida com o PSTC e pode inscrever novos jogadores na CBF

Cruzeiro vive grave crise financeira e lutará em 2021 para sair da Série B do Campeonato Brasileiro - Divulgação/Mineirão
Cruzeiro vive grave crise financeira e lutará em 2021 para sair da Série B do Campeonato Brasileiro Imagem: Divulgação/Mineirão

Do UOL, em Belo Horizonte

25/02/2021 16h47

O Cruzeiro conseguiu resolver mais uma importante pendência e que influenciava diretamente nos planos do clube para o início da temporada 2021. Hoje (25), a Raposa obteve a liberação para inscrever novos atletas no sistema da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o Boletim Informativo Diário (BID). É que a diretoria azul quitou uma pendência com o PSTC, equipe do Paraná, que cobrava valores referentes à transferência do zagueiro Bruno Viana — vendido em 2016 pelos mineiros ao Olympiacos, da Grécia.

A dívida do Cruzeiro com o PSTC era de R$ 2.401.011,40 e esse valor se referia a 20% dos direitos econômicos do zagueiro, atualmente emprestado pelo Braga (POR) ao Flamengo. Com a baixa da pendência, a Raposa poderá inscrever os seus sete reforços e usá-los na estreia do Campeonato Mineiro, marcada para este sábado, às 16h30, contra o Uberlândia, no estádio Parque do Sabiá, no Triângulo Mineiro.

Portanto, devem ganhar condição de jogo com seus nomes inscritos no BID os seguintes atletas: o lateral esquerdo Alan Ruschel (ex-Chapecoense), os volantes Matheus Barbosa (ex-Avai) e Matheus Neris (Ex-Palmeiras), o meia Marcinho (ex-Sampaio Corrêa), além dos atacantes Bruno José (ex-Inter) e Felipe Augusto (ex-América-MG) e o zagueiro Eduardo Brock, anunciado oficialmente hoje (25) como reforço estrelado.

A informação do pagamento feito pelo Cruzeiro ao PSTC foi adiantada pela Rádio Itatiaia e confirmada pelo UOL Esporte.

Cruzeiro