PUBLICIDADE
Topo

Atlético-MG

Após aviso, Victor e Tardelli sabem de suas despedidas do Atlético-MG

Diego Tardelli e Victor, grandes ídolos do clube, estão perto de suas despedidas do Galo  - EFE/Paulo Fonseca
Diego Tardelli e Victor, grandes ídolos do clube, estão perto de suas despedidas do Galo Imagem: EFE/Paulo Fonseca

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

25/02/2021 11h00

A última rodada do Campeonato Brasileiro edição 2020, que avançou esta temporada por alterações no calendário pela pandemia da covid-19, será marcante para dois ídolos da história recente do Atlético-MG. O goleiro Victor e o atacante Diego Tardelli estão "na porta" da definição oficial sobre seus destinos, e bem próximos de uma saída do Galo.

Segundo apurou o UOL Esporte, tanto o goleiro quanto o atacante já foram avisados de que não terão seus contratos prorrogados. O vínculo de ambos se encerra após a rodada de hoje (25) do Brasileirão, a última do torneio. Originalmente, Victor e Tardelli encerrariam seus contratos ao fim de dezembro do ano passado, mas por causa da pandemia a dupla ganhou mais dois meses no clube para finalizarem o Nacional.

O aviso recebido por Victor e Diego Tardelli foi dado há alguns dias após conversas com membros da diretoria atleticana. Segundo informações passadas ao UOL, em respeito à história dos dois, houve muito cuidado dos dirigentes no trato dessa situação em reuniões realizadas.

Havia a possibilidade de renovação pelo menos do contrato de Diego Tardelli com a chegada de um novo treinador — Sampaoli se despede após a partida contra o Palmeiras —, mas ao que tudo indica não existe mais essa chance. Mesmo com a chegada de um novo treinador a definição pela saída já estaria tomada.

História

Chamado de "Santo", Victor é um dos personagens mais emblemáticos de uma das maiores conquistas do Galo na história, a Copa Libertadores de 2013. O goleiro, aos 48 minutos do segundo tempo, no estádio Independência, defendeu com o pé esquerdo uma cobrança de pênalti do atacante Riascos, do Tijuana, do México. A defesa aconteceu nas quartas de final da competição e ajudou o Alvinegro a avançar para a fase semifinal.

Com 38 anos, "São Victor" eternizou sua história no Galo também com o título da Copa do Brasil de 2014 em cima do maior rival, o Cruzeiro. O arqueiro está no Atlético-MG há quase nove anos e tem 423 jogos com a camisa alvinegra.

Diego Tardelli, que tem quase 36 anos — completará em maio — retornou ao Atlético-MG em 2020 após passagem apagada pelo Grêmio, mas não teve tantas chances como o torcedor sempre pediu. O jogador teve a infelicidade de sofrer uma grave lesão no tornozelo em julho do ano passado em um jogo-treino contra o América-MG no centro de treinamento atleticano. A partida aconteceu após a liberação para o retorno dos treinos, tendo em vista que a pandemia afastou os clubes brasileiros das atividades por um tempo para evitar aglomeração.

Tardelli também fez parte do elenco campeão da Libertadores e da Copa do Brasil, sendo um dos destaques na competição nacional. O camisa 9 está na memória do torcedor há anos, já que foi artilheiro do país em 2009, marcou 110 gols em sua passagem pelo Galo, em 222 jogos até aqui.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do informado, o goleiro Victor tem 38 anos, não 40.

Atlético-MG