PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Se Pelé atuasse hoje ele seria o jogador mais bem pago do mundo, diz Forbes

Cena do filme Pelé - O Rei Desconhecido - Divulgação
Cena do filme Pelé - O Rei Desconhecido Imagem: Divulgação

Colaboração para o UOL, em São Paulo

24/02/2021 19h45

Segundo dados levantados pela revista Forbes, se Pelé jogasse nos dias de hoje ele seria o jogador mais bem pago do mundo. O salário do Rei seria de US$ 223 milhões por ano (cerca de R$ 1,2 bilhão, na cotação de hoje).

Para chegar a este número, a revista consultou especialistas na área e comparou Pelé com outros quatro jogadores mais valiosos da atualidade, sendo eles: Cristiano Ronaldo, da Juventus, Lionel Messi, do Barcelona, Neymar e Kylian Mbappé, do Paris Saint-Germain.

Em setembro de 2020, a Forbes divulgou uma lista com os jogadores de futebol mais bem pagos no ano do mundo - os cálculos foram semelhantes aos utilizados para estabelecer o de Pelé. Messi está no topo da lista com US$ 126 milhões (R$ 680 milhões), logo em seguida vem o Cristiano Ronaldo, com US$ 117 milhões (R$ 630 milhões), Neymar, com valor equivalente a US$ 96 milhões (R$ 520 milhões) e Mbappé, com US$ 48 milhões (R$ 260 milhões). No entanto, o Rei facilmente ultrapassaria o camisa 10 do Barcelona, com US$ 223 milhões, assumindo a primeira posição.

O currículo de Pelé é de dar inveja para qualquer jogador. Com a soma de 1.281 gols marcados na carreira e as conquistas de três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970), dois Mundiais de Clubes (1962 e 1963), duas Libertadores da América (1962 e 1963), cinco Campeonatos Brasileiros (1961, 1962, 1963, 1964, 1965 e 1968), entre outros títulos.

Já faz 44 anos que o Rei se aposentou dos campos de futebol. Mas, mesmo longe dos gramados, o ex-jogador segue sendo idolatrado e venerado por quem é apaixonado por esse esporte.

Futebol