PUBLICIDADE
Topo

Esporte

Jornal vaza salários de jogadores do Chelsea; Havertz é o mais bem pago

Chelsea vence o Tottenham com gol de Jorginho  - NEIL HALL / POOL / AFP
Chelsea vence o Tottenham com gol de Jorginho Imagem: NEIL HALL / POOL / AFP

Colaboração para o UOL, em São Paulo

23/02/2021 12h48

Classificação e Jogos

O jornal inglês, The Sun, publicou os salários da equipe principal do Chelsea. Após o despedimento de Lampard e a chegada de Tuchel, saltaram à tona os enormes salários do vestiário Azul e os valores surpreendem.

Sem dúvidas o salário que mais chama a atenção é o de Kai Havertz. No meio da pandemia, o alemão pousou em Stamford Bridge depois de pagar 71 milhões de libras (aproximadamente R$ 550 milhões, na cotação de hoje). O meio-campista, que marcou apenas um gol nesta temporada, ganha 310 mil libras (R$ 2,3 milhões) por semana para fechar um recorde de cerca de 16,2 milhões de libras por temporada (cerca de R$ 125,2 milhões).

O segundo mais bem pago é Timo Werner, que marcou cinco gols em 21 partidas e recebe o valor semanal de 270 mil libras (R$ 2 milhões). Entretanto, os dois alemães não tiveram a estreia esperada no clube do norte de Londres.

Os outros grandes jogadores com os maiores salários semanais no Chelsea são Ben Chilwell (190 mil libras - cerca de R$ 1,4 milhão), Christian Pulisic (158 mil libras - R$ 1,2 milhão), Kepa Arrizabalaga (150 mil libras - R$ 1,1 milhão), Azpilicueta (145 mil libras - R$ 1,1 milhão) e N'Golo Kante (144 mil libras - R$ 1,1 milhão), de acordo com o site Spotrac e o The Sun coleta.

Neste sentido, os jogadores mais rentáveis para o clube são Mason Mount e Edouard Mendy que desempenham um papel de destaque na equipe e recebem 88 mil libras (R$ 680 mil) e 72 mil (R$ 556 mil) por semana, respectivamente.

O time de Tuchel foi um dos poucos clubes europeus que buscou por uma renovação profunda da sua equipe em plena pandemia, mas a aposta não está dando muito certo. Jogadores como Werner, Ziyech ou Havertz chegaram ao Chelsea no mercado de verão europeu de 2020 para tentar recolocá-lo nas posições de liderança do Campeonato Inglês, mas o time de Stamford Bridge ainda não alcançou as posições de classificação para a Champions League.

Errata: o texto foi atualizado
Diferentemente do que foi informado no texto, Havertz ganha 310 mil libras (R$ 2,3 milhões) por semana, e não por mês, atuando pelo Chelsea. O erro foi corrigido.

Esporte