PUBLICIDADE
Topo

Futebol

ANÁLISE

Texto baseado no relato de acontecimentos, mas contextualizado a partir do conhecimento do jornalista sobre o tema; pode incluir interpretações do jornalista sobre os fatos.

RMP: Se Rogério ganhar, não faz sentido tirar o técnico campeão brasileiro

Do UOL, em São Paulo

22/02/2021 12h00

Classificação e Jogos

Desde sua chegada ao Flamengo, o técnico Rogério Ceni vive uma situação instável em relação ao torcedor, que em diversos momentos chegou a querer a sua saída do cargo, mas agora o time chega à rodada final do Campeonato Brasileiro ocupando pela primeira vez a liderança e dependendo apenas de seu resultado diante do São Paulo, na quinta-feira, no Morumbi, para se sagrar campeão.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com os jornalistas Isabela Labate, Menon, Renato Maurício Prado e Rodrigo Mattos —, Renato Maurício Prado analisa como fica a situação do técnico em caso de título ou de vice-campeonato no Brasileirão, considerando que Ceni deve permanecer se for campeão, o que talvez mude se o time tropeçar contra o São Paulo.

"Esse é um grande ponto de interrogação na Gávea, porque não há uma unanimidade em termos disso, tem muita gente que acha que o Rogério Ceni não tem futuro no Flamengo e que já está pensando no Leonardo Jardim, por exemplo, que já deu até entrevista lá fora dizendo que gostaria de vir para o Brasil, especificamente para o Flamengo", diz Renato.

"Se o Rogério Ceni não ganhar, principalmente se ele não ganhar por causa de um mau resultado, uma atuação ruim contra o São Paulo, estando a apenas uma vitória, eu não sei sinceramente como é que vai ficar a situação dele, tenho sérias dúvidas. Se ganhar, ele fica, porque não faz sentido você tirar o técnico campeão brasileiro, por mais que ele ainda precise melhorar e tudo, ninguém vai tirar o técnico campeão brasileiro", completa.

Outro fator citado pelo jornalista em relação ao interesse de Leonardo Jardim pelo Flamengo após ter recusado o clube quando foi procurado para substituir Jorge Jesus, é a questão financeira. Em um momento no qual a arrecadação é menor e o câmbio é desfavorável, pode ser muito caro contratar o português para o lugar de Ceni.

"O Rogério eu acho que, se for campeão brasileiro, fica. Se não for, vai depender da questão também do preço dos outros, porque o Leonardo Jardim está longe de ser um técnico barato. Apesar do interesse dele, ele é um técnico caro e que esses técnicos do exterior todos ficaram muito mais caros por causa da desvalorização do real, isso é uma coisa que precisa ser lembrada", diz Renato.

"Não sei se com mais um ano de problema de grana vai ter dinheiro para ir lá buscar o Leonardo Jardim, por exemplo. O que eu acho que aconteceria, ato contínuo, é se o Jorge Jesus fosse mandado embora do Benfica. Se o Jorge Jesus for mandado embora do Benfica, ligar para o Marcos Braz dizer 'quero voltar', aí, seja quem for o técnico, leva um belo pé no traseiro e volta o português", conclui.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL

Futebol