PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Colorado diz que falou "no calor do momento" e nega incentivo ao São Paulo

Elusmar Maggi Scheffer, empresário que fez doação ao Inter na semana passada - Divulgação
Elusmar Maggi Scheffer, empresário que fez doação ao Inter na semana passada Imagem: Divulgação

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

22/02/2021 16h47

O torcedor do Inter, Elusmar Maggi, agiu, como muitos, "no calor do momento". Depois da derrota do Colorado para o Flamengo por 2 a 1, no domingo, disse, em entrevista à GaúchaZH, que iria "injetar dinheiro no São Paulo" para que o time paulista tire pontos do Fla e o Internacional tenha chance de conquistar o Brasileiro. Hoje (22), ele e desculpou e disse que não irá fazer qualquer incentivo financeiro.

Em nota enviada à reportagem do UOL Esporte, Elusmar afirmou que foi motivado por tudo que aconteceu no Maracanã. O Inter saiu na frente, levou a virada e reclamou muito da arbitragem. Rodinei foi expulso no início do segundo tempo, gerando irritação dos colorados.

O aficionado foi responsável por uma doação de R$ 1 milhão na semana que antecedeu o duelo. O dinheiro — repassado ao clube de forma espontânea — foi utilizado exatamente para pagar a multa prevista em contrato e contar com o lateral direito, emprestado pelo Fla.

"Depois de tudo que aconteceu, com o lamentável erro do árbitro e do VAR, e a derrota que deixa o título mais difícil agora, me manifestei sem pensar. Envolto em emoção, afirmei que poderia participar da última rodada com aporte financeiro ao São Paulo, algo que considero equivocado. Sei que não é ético, aceitável, nem necessário este tipo de coisa, já que o São Paulo, como grande clube que é, não precisaria de qualquer incentivo para tentar a vitória. Peço desculpas pelas palavras ditas "no calor do momento" e reitero que jamais falei em nome do Inter", diz trecho da manifestação.

O incentivo financeiro poderia acarretar punições até mesmo ao Inter. O STJD ficou atento após as manifestações feitas num momento de emoção pelo torcedor ilustre.

Com a vitória do último domingo, o Flamengo assumiu a liderança do Brasileiro com 71 pontos. O Inter é vice-líder, com 69. Para ser campeão o Colorado precisa que o São Paulo vença ou empate com o Fla na última rodada, nesta quinta. Além de fazer a sua parte e vencer o Corinthians no Beira-Rio.

Confira a manifestação do torcedor na íntegra:

Como qualquer colorado, fui impactado pela partida de domingo (21) no Maracanã. O amor pelo clube me moveu a fazer uma doação espontânea com intuito de ajudar, de fazer a minha parte na busca pelo título. Depois de tudo que aconteceu, com o lamentável erro do árbitro e do VAR, e a derrota que deixa o título mais difícil agora, me manifestei sem pensar. Envolto em emoção, afirmei que poderia participar da última rodada com aporte financeiro ao São Paulo, algo que considero equivocado. Sei que não é ético, aceitável, nem necessário este tipo de coisa, já que o São Paulo, como grande clube que é, não precisaria de qualquer incentivo para tentar a vitória. Peço desculpas pelas palavras ditas "no calor do momento" e reitero que jamais falei em nome do Inter. Reforço que não vou fazer qualquer movimento nesta última rodada, deixando o protagonismo todo para quem sempre deve tê-lo: os jogadores. Vamos, Inter! Estaremos sempre contigo!

Internacional