PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Ariel Holan projeta Santos ofensivo e com 'identidade clara de futebol'

Ariel Holan  - Marcos Brindicci/Reuters
Ariel Holan Imagem: Marcos Brindicci/Reuters

Colaboração para o UOL, em São Paulo

22/02/2021 15h42

Em sua primeira entrevista como treinador do Santos, Ariel Holan revelou que já tem em mente a forma com que fará com que o time da Vila Belmiro atue em campo. Projetando um estilo de jogo ofensivo e claro, o técnico argentino deixou um recado para os torcedores afirmando que não faltará entrega em seu trabalho.

"Estou muito orgulhoso de representar essa camisa que possui tanta história. Eu quero dizer aos torcedores do Santos que vamos deixar a cada dia nossa força, com toda paixão, coração e com certeza de que confiamos plenamente que faremos um grande trabalho. Teremos uma equipe com uma identidade clara de futebol, mentalidade ofensiva e uma boa troca entre jogadores experientes e jovens", disse ele.

Ainda sobre sua chegada, Holan teceu elogios à equipe santista e disse que o clube brasileiro possui uma grande marca em sua vida profissional, justamente pelos jogadores que já vestiram a camisa e pelos títulos já conquistados.

"Orgulho para mim, estou muito agradecido com a oportunidade. Para minha geração o Santos é uma marca, pelo Pelé, Neymar, treinar um time desse tamanho é um desafio enorme, grandíssimo e estou muito feliz de estar neste lugar, não faltará empenho para colocar nosso nome na história do clube", pontuou.

Por fim, ele ainda deixou claro que sempre sonhou em dirigir um time no Brasil, afinal, conhece a expressividade do Campeonato Brasileiro, o qual classificou como um dos mais importantes do mundo.

"O Campeonato Brasileiro é um dos mais importantes do mundo, pela qualidade geral, os treinadores e jogadores. Para um treinador é um dos desafios mais importantes que pode ter na América Latina. É um desafio extraordinário na minha carreira, eu sonhava em chegar ao Campeonato Brasileiro e estou muito feliz em realizar esse sonho", finalizou.

Holan chegará com sua comissão enxuta, com apenas dois profissionais. A previsão é de que ele estreie apenas no Campeonato Paulista, e, antes disso, como o UOL Esporte antecipou, o auxiliar-técnico Marcelo Fernandes assuma o Santos na reta final do Campeonato Brasileiro — o Peixe já está classificado para a Libertadores de 2021—.

Futebol