PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Santos comunica que empate contra o Flu foi despedida de Cuca da equipe

Do UOL, em São Paulo (SP)

21/02/2021 20h38

Classificação e Jogos

O Santos comunicou, após o empate em 1 a 1 contra o Fluminense, hoje (21) à noite, na Vila Belmiro, pela 37ª rodada do Campeonato Brasileiro, que essa foi a última partida do técnico Cuca no comando da equipe.

Essa foi a terceira passagem do treinador pelo Alvinegro praiano. Ao todo são 85 partidas à frente do Peixe, com 31 vitórias, 27 empates e 27 derrotas.

Cuca levou o Santos à final da Copa Libertadores 2020perdendo para o Palmeiras com um gol nos últimos minutos — em um cenário totalmente desfavorável na política interna do clube e com muitos problemas financeiros.

No Brasileirão desta temporada, o comandante deixa a equipe na 8ª posição, com 54 pontos, e praticamente garantida na próxima Libertadores. O favorito para assumir o Santos é o técnico Ariel Holan, que está livre no mercado, após bom trabalho na Universidad Católica.

Veja o comunicado na íntegra:

O jogo deste domingo (21) na Vila Belmiro, diante do Fluminense, marcou a despedida do técnico Cuca no comando do time. O Santos Futebol Clube agradece o profissionalismo do treinador, que mesmo enfrentando casos de Covid-19 na família, com a mãe, Nilde, e a filha mais velha, Maiara, internadas em Curitiba, decidiu ficar com o elenco para esta importante partida.

Cuca termina essa sua terceira passagem pelo Santos com 44 jogos, 18 vitórias, 14 empates e 12 derrotas. No total são 85 partidas à frente do Peixe, com 31 vitórias, 27 empates e 27 derrotas.

Em meio às dificuldades financeiras do Santos FC e no contexto de uma pandemia global, Cuca também conseguiu ajudar a levar o Peixe à final da Libertadores 2020, com uma equipe recheada de Meninos da Vila. Ao acreditar no potencial da base do Clube, Cuca se mostrou parceiro dos atletas e também da direção do clube.

O presidente do Santos, Andres Rueda, enalteceu as qualidades de Cuca, no comando da equipe. "Ele foi mais do que um técnico, foi um gestor de pessoas. Uniu o time em busca dos objetivos. Foi fundamental, abraçou a molecada, deixou de lado os problemas de bastidores do Clube, criou um clima excelente dentro do grupo e isso foi espelhado nos resultados. A sua participação foi um dos motivos, senão o maior, de termos esses feitos. Obrigado Cuca!", falou o presidente.

Futebol