PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Em reta final do Brasileirão, Santos organiza despedida de Cuca

Cuca no Treino do Santos no CT Rei Pelé (09/02/2021) - Ivan Storti/Santos FC
Cuca no Treino do Santos no CT Rei Pelé (09/02/2021) Imagem: Ivan Storti/Santos FC

Gabriela Brino

Colaboração para UOL, em Santos

21/02/2021 04h00

O Campeonato Brasileiro está a duas rodadas de se encerrar, por isso o Santos começou a organizar uma carinhosa despedida para o técnico Cuca. A diretoria deseja, como forma de agradecimento pelo trabalho à altura e pela "barra" que o treinador segurou durante o período de pandemia, que ele saia pela porta da frente. É possível que ocorra já no domingo, contra o Fluminense, em seu último jogo na Vila Belmiro.

O fato do Peixe estar encaminhado para a vaga na Copa Libertadores da América 2021 no Brasileirão, em oitavo, com 53 pontos, foi algo que animou o presidente Andres Rueda e seu Comitê de Gestão. Os cartolas reconhecem o esforço de Cuca em não deixar o time perder o ritmo mesmo após o vice na Liberta, o que mexeu muito internamente com os jogadores.

Nos bastidores, o comandante do Peixe já avisou sobre seu desgaste com os tantos acontecimentos na temporada, como a situação contratual de Luan Peres antes da final da última edição do torneio continental, as vendas dos direitos econômicos do zagueiro Lucas Veríssimo e do volante Diego Pituca no decorrer da competição — somada à incerteza de tê-lo contra o Palmeiras —, além de passar a pandemia longe de seus familiares, o que incomoda o treinador até hoje.

Cuca, inclusive, contraiu o covid-19 em dezembro do ano passado e, por causa da fragilidade, passou quatro dias na UTI. Novamente longe da família. A luta durou 19 dias —dez no hospital e nove em casa para repouso—. No processo, ele foi informado que seu sogro Augusto, de 81 anos, não sobreviveu ao vírus. Portanto, o treinador leva em consideração, acima de tudo, um tempo com sua família.

Se dependesse apenas da diretoria santista, Cuca seria mantido no cargo. Rueda entende que o treinador tem o perfil do clube e que ele se adaptaria ao planejamento e parceria para 2021. Entretanto, entendeu os motivos para sua saída e agora aguarda a definição de Ariel Holan. O argentino é o principal alvo do Peixe e deve ser concretizado até terça-feira.

Futebol