PUBLICIDADE
Topo

Fluminense

Com bons números fora de casa, Flu pega Santos por missão possível de G4

Jogadores do Fluminense comemoram gol marcado por Lucca. Time faz campanha de destaque - Thiago Ribeiro/AGIF
Jogadores do Fluminense comemoram gol marcado por Lucca. Time faz campanha de destaque Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Caio Blois

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/02/2021 04h00

Classificação e Jogos

Classificado para a próxima Libertadores, o Fluminense tem mais dois desafios para tentar chegar ao G4 do Campeonato Brasileiro e com isso garantir uma vaga na fase de grupos da competição continental. Contra o Santos, hoje (21), às 18h15, na Vila Belmiro, o Tricolor confia nos bons números como visitante para cumprir a "missão possível".

Na sexta (19), o empate do São Paulo com o Palmeiras em clássico adiado pela 34ª rodada aumentou as chances do Flu de conquistar uma vaga entre os quatro primeiros. Para isso, continuará precisando da ajuda do Alviverde e também dos seus rivais, que podem tirar pontos importantes do time do Morumbi e também do Atlético-MG. Agora diferença é de dois pontos para o Galo e três para os paulistas.

Independente disso, o Fluminense sabe que não pode mais ser derrotado no Brasileirão, e de preferência somar seis pontos na duas rodadas restantes. Para o jogo contra o Peixe, o time de Marcão espera seguir a boa campanha fora de casa. O Tricolor é o quarto melhor visitante da competição, com 25 pontos conquistados em 18 jogos — sete vitórias, quatro empates e sete derrotas —, um aproveitamento de 46,3%.

A campanha fora de casa é a melhor desde o tetracampeonato brasileiro conquistado em 2012. A equipe então comandada por Abel Braga somou 39 pontos como visitante, já que venceu 11 vezes, empatou outras seis e perdeu em apenas duas oportunidades para chegar ao ótimo aproveitamento de 68%. Curiosamente, o Flu fez mais pontos e teve melhor aproveitamento até que a própria campanha como mandante — somou 38 pontos e 63,3% de aproveitamento no Nilton Santos, já que o Maracanã estava fechado para obras da Copa do Mundo de 2014.

Caso vença o Santos, inclusive, o Tricolor chega a sua quarta melhor campanha como visitante nos pontos corridos, já que ultrapassaria 2005 (49%) e 2011 (47%), ficando atrás apenas de 2010 (53%), ano do tricampeonato brasileiro, e 2007 (51%), quando ficou no quarto lugar do Brasileirão, já classificado à Libertadores por ter conquistado a Copa do Brasil.

Mas para isso o Fluminense precisará quebrar um tabu: o time não vence o Peixe na Vila Belmiro desde 2014, e tem quatro derrotas seguidas no estádio santista. Pelo Campeonato Brasileiro, o Tricolor jogou 18 vezes por lá e venceu apenas cinco, empatou quatro e perdeu nove vezes, um aproveitamento de apenas 35,1%.

Além disso, a equipe de Marcão — que terá o retorno do capitão Fred — enfrentará um Santos precisando da vitória para também se garantir na Libertadores. Sem chance de vaga direta, já que não alcança mais o Flu, o Peixe pode até se classificar de maneira antecipada caso vença em seus domínios. Ainda comandado por Cuca, que deixará o cargo ao fim do Brasileirão, o time da casa não terá o atacante Kaio Jorge nem o zagueiro Laércio, e o ponta venezuelano Soteldo, com dores musculares, é dúvida.

FICHA TÉCNICA

SANTOS x FLUMINENSE

Data/hora: 21/02/2021, às 18h15 (de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Savio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Júnior (DF)
VAR: Pablo Ramon Gonçalves Pinheiro (RN)

Santos: João Paulo; Pará, Luiz Felipe, Luan Peres e Felipe Jonathan; Alisson, Sandry e Soteldo (Ivonei); Lucas Braga, Marinho e Marcos Leonardo. Técnico: Cuca.

Fluminense: Marcos Felipe; Calegari, Nino, Lucas Claro e Egídio; Yago, Martinelli e Nenê; Luiz Henrique, Lucca e John Kennedy. Técnico: Marcão

Fluminense