PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Santos bate o Coritiba, volta a vencer e sobe na tabela; Coxa é rebaixado

Do UOL, em São Paulo

13/02/2021 20h55

O Santos bateu o Coritiba por 2 a 0 na noite de hoje (13), na Vila Belmiro, resultado que sacramentou o rebaixamento do Coxa. Os gols marcados por Marinho e Marcos Leonardo garantiram o resultado que encerrou uma sequência de seis jogos sem vencer do Peixe, que ainda briga por uma vaga na próxima Libertadores.

O revés confirmou o rebaixamento do Coritiba para a série B do Campeonato Brasileiro. Com 28 pontos conquistados, o Coxa não consegue mais alcançar a 16ª colocação. Com a vitória, o Santos chegou a 50 pontos conquistados, subiu três posições e chegou à oitava colocação.

Agora, o Santos volta a entrar em campo na quarta-feira, quando recebe o Corinthians na Vila Belmiro. Já o Coritiba joga novamente no próximo sábado, quando enfrenta o Ceará no Couto Pereira.

Santos começa criando no ataque, mas diminui o ritmo

O Santos iniciou a partida abafando a defesa do Coritiba, trocando passes no campo de ataque e tendo algumas chances de concluir no gol. Na frente, o quarteto de ataque Marinho, Soteldo, Lucas Braga e Kaio Jorge se movimentou bastante, criando espaços e conseguindo finalizar tanto de fora quanto de dentro da área.

Na metade da primeira etapa, o Coritiba passou a se defender melhor, e o Peixe diminuiu a velocidade de suas ações, o que fez com que a partida se equilibrasse mais. O Coxa teve chances de concluir, principalmente com chutes de fora da área, e o Santos passou a encontrar mais dificuldades para construir jogadas com a bola nos pés.

Santos cria em velocidade, e Marinho faz golaço

Passado o momento em que o Santos encontrou mais dificuldade no jogo, a equipe de Cuca voltou a ser agressiva, mas ainda sem conseguir uma chance claríssima. Boa parte dos melhores lances do Santos nos 45 minutos iniciais aconteceu com Soteldo criando jogadas aberto pela esquerda, visando um cruzamento fechado na área e esperando uma conclusão de um atacante do Peixe.

Aos 37 minutos, o Peixe roubou a bola após tiro de meta e conseguiu trocar passes de forma rápida, chegando em poucos toques na cara do gol. Lucas Braga deu ótimo passe para deixar o Marinho na frente do goleiro Arthur. O atacante, que ainda não tinha conseguido chegar na cara do gol de forma perigosa, concluiu com uma cavadinha, tirando a chance de defesa e marcando um belo gol para abrir o placar. Foi o 17º de Marinho no campeonato.

Coritiba volta modificado e melhora no jogo

Treinador do Coxa, Gustavo Morínigo fez duas modificações já no intervalo, e o Coritiba melhorou. Em apenas 10 minutos da etapa complementar, a equipe paranaense já tinha chegado com perigo pelo menos três vezes, mais do que em todo o primeiro tempo.

O Coritiba buscou apertar a saída de bola do Santos na defesa, tentando conseguir roubar uma bola perto do gol, mas não foi efetivo na hora do último passe e deixou oportunidades escaparem.

Santos volta a controlar o jogo e sacramenta vitória

Após pressão inicial do Coritiba, o Santos conseguiu se recuperar e voltou a ter tranquilidade com as bolas nos pés. Com tranquilidade e se movimentando nos espaços de forma inteligente, o Peixe passou a ter o controle do jogo novamente a partir da metade da segunda etapa.

O Santos conseguiu chegar ao segundo gol em uma bola parada no fim da etapa complementar. Jean Mota cobrou falta na área e, após desvio de Laércio, Marcos Leonardo concluiu para o gol, selando a vitória do Santos.

Foi bem: Marinho

Apesar de começar o jogo discreto, Marinho cresceu e foi responsável por ótimas chances do Peixe no jogo. Criou espaços, deu bons passes e marcou um dos gols do time.

Não foi bem: Ricardo Oliveira

O atacante do Coritiba não estava em noite inspirada e acabou perdendo boas chances. Também não foi bem de costas para o gol, deixando passar boas oportunidades de deixar algum companheiro em condições de marcar.

FICHA TÉCNICA
SANTOS 2 X 0 CORITIBA

Data e hora: 13/02/2021 (sábado), às 19h (horário de Brasília)
Local: Vila Belmiro, em Santos (SP)
Árbitro: Bruno Arleu de Araujo (RJ)
Auxiliares: Michael Correia e Thiago Henrique Neto Correa Farinha
VAR: Rodrigo Nunes de Sa (RJ)
Cartões amarelos: Guilherme Biro, Nathan Ribeiro, Robson (CFC)

Gol: Marinho, do Santos, aos 37' do 1º tempo (1-0); Marcos Leonardo, do Santos, aos 37' do 2º tempo (2-0);

SANTOS: João Paulo; Pará, Laércio (Ivonei), Luan Peres e Felipe Jonatan; Alison, Sandry (Vinícius Balieiro) e Soteldo; Lucas Braga (Jean Mota), Marinho (Ângelo) e Kaio Jorge (Marcos Leonardo). Técnico: Cuca.

CORITIBA: Arthur; Jonathan, Nathan Ribeiro, Nathan Silva e Guilherme Biro (Ângelo); Hugo Moura, Matheus Bueno (Nathan) e Sarrafiore (Robson); Luiz Henrique (Mattheus), Neilton e Ricardo Oliveira (Brayan Lucumí). Técnico: Gustavo Morínigo.