PUBLICIDADE
Topo

Esporte

'Eu não devia ter assinado com o Chelsea', diz Verón

Juan Sebastián Verón, ex-jogador do Estudiantes e da seleção argentina - Ross Kinnaird/Getty Images
Juan Sebastián Verón, ex-jogador do Estudiantes e da seleção argentina Imagem: Ross Kinnaird/Getty Images

Colaboração para o UOL, em São Paulo

09/02/2021 14h38

O meio-campista argentino Juan Sebastián Verón revelou para a revista britânica FourFourTwo que se arrepende de ter assinado com o Chelsea.

"Achei que ir para o Chelsea poderia ser uma boa oportunidade para jogar com mais frequência, mas nunca deveria ter ido para lá. E não estou dizendo isso pelo Chelsea, foi bom ter um time que queria me contratar e eu estava animado por poder contribuir com algo para eles. Para fazer um investimento como esse, o clube tem que acreditar e confiar em você ", explicou o ex-jogador .

O clube londrino foi o segundo time de Verón na Inglaterra. O meio-campista já havia atuado por dois anos no Manchester United. "Foi mais difícil para mim viver em Londres do que em Manchester porque sou de La Plata, que é uma cidade muito pequena. Gostaria de ter ficado mais tempo no United, acho que poderia ter feito diferente", comentou o argentino.

Verón se aposentou aos 42 anos depois de jogar a partida entre Estudiantes de La Plata e Botafogo, válida pela Libertadores, em 2017. O ex-jogador é presidente do clube argentino desde 2014. Em sua carreira como atleta Verón conquistou uma Copa da UEFA pelo Parma (1998-99), uma Premier League com o United (2002-03) e uma Copa Libertadores da América pelo Estudiantes (2009).

Esporte