PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Para Abel Ferreira, vitória do Tigres foi definida no "detalhe do pênalti"

Abel Ferreira acompanha a partida entre Palmeiras e Tigres - KARIM JAAFAR/AFP
Abel Ferreira acompanha a partida entre Palmeiras e Tigres Imagem: KARIM JAAFAR/AFP

Do UOL, em São Paulo

07/02/2021 17h15

Classificação e Jogos

Abel Ferreira defendeu o desempenho do Palmeiras na derrota por 1 a 0 diante do Tigres, do México, na semifinal do Mundial de Clubes. Para o treinador, o jogo foi perdido "no detalhe".

"Nós não vamos ganhar sempre, mas vamos lutar sempre até o fim. Foi o que fizemos aqui. Infelizmente a bola não quis entrar, e o jogo foi definido pelo detalhe de um pênalti", afirmou o português logo após a partida.

O pênalti em questão foi no começo do segundo tempo da partida, quando Luan fez falta em Gignac. O francês converteu a penalidade e marcou o único gol dos mexicanos na partida.

Abel afirmou que o time não sentiu o gol e fez questão de destacar a qualidade do time comandado pelo brasileiro Tuca Ferretti.

"Muita gente não conhece os nossos adversários, mas eu falei antes que tinham muita qualidade, individual e coletiva. Nós não jogamos sozinhos: vocês viram a qualidade do nosso adversário. Tivemos oportunidade com o Luiz Adriano , mas não fomos tão eficazes quanto costumamos ser. O que fez a diferença foi de fato o pênalti", afirmou o treinador alviverde.

"Só quem não estuda futebol e não sabe o que nosso adversário fez nos últimos cinco anos diz que é surpresa. Era um adversário difícil, com muita qualidade individual e coletiva. Uma equipe que investiu muito e portanto tem muita qualidade. Muitas vezes não gostamos de dar mérito ao adversário, mas como disse, queríamos muito estar na final. Fizemos tudo, em momento nenhum tenho algo a apontar aos meus jogadores. Mesmo após sofrer o gol, tentamos deixar a equipe mais agressiva. Queríamos ter jogadores para desequilibrar nas pontas, como nosso adversário. Infelizmente temos jogadores lesionados nestas posições.Há muita tendência de desvalorizar o adversário, mas entender que o adversário foi ligeiramente melhor do que nós, e o jogo foi definido por um detalhe", acrescentou.

O Palmeiras continua em Doha para a disputa do terceiro lugar na quinta-feira (11). O outro finalista do Mundial de Clubes será definido amanhã, 15h (de Brasília), no jogo entre Bayern e Al Ahly.

Palmeiras