PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Weverton diz: título da Libertadores é mais emocionante que ouro olímpico

Weverton, goleiro do Palmeiras, com a taça da Libertadores da América - Conmebol
Weverton, goleiro do Palmeiras, com a taça da Libertadores da América Imagem: Conmebol

Do UOL, em São Paulo

05/02/2021 14h12

O goleiro Weverton, do Palmeiras, afirmou que o título da Libertadores com o clube alviverde foi mais emocionante que a conquista do ouro olímpico com a seleção brasileira, na Rio-2016. Com suas maiores vitórias ocorrendo no Maracanã, Weverton comparou os dois títulos e revelou qual foi a decisão mais tensa.

"Sem dúvida nenhuma foi essa final (Libertadores). Ela foi muito mais nervosa em todos os sentidos. Você ganhar um título pela tua seleção, é muito marcante, mas conquistar uma Libertadores em um clube gigante que nem o Palmeiras é muito mais emocionante", disse em entrevista ao Bola da Vez, da ESPN Brasil. O programa vai ao ar amanhã, às 22h.

"É lógico que aquela Olimpíada tinha muita pressão, jogar no Brasil, no Maracanã, mais de 70 mil pessoas, decisão nos pênaltis, mas, como eu acho que estávamos tão envolvidos dentro da competição e já vínhamos de grandes jogos, estava mais tranquilo", comentou o goleiro alviverde.

Ao analisar as duas partidas, Weverton ressaltou que, embora tenha sido acionado mais na final da Olimpíada contra a Alemanha, ficou mais preocupado na decisão com o Palmeiras.

"Eu trabalhei mais no jogo, a Alemanha deu mais trabalho, pressionou mais. Quando você começa a trabalhar mais, você vai entrando no jogo. Contra o Santos, foi nervoso do começo ao fim porque a bola não vinha, não chegava e você fica com o receio de que viesse uma bola venenosa, então você redobra a sua atenção, porque pode ser a bola que decide o jogo. Eu falava: 'Não posso tomar gol nesse jogo, não posso tomar gol, esse jogo não'. Então, acabou sendo muito mais nervoso sem dúvida nenhuma", afirmou o goleiro.

Palmeiras