PUBLICIDADE
Topo

São Paulo

São Paulo sonda Gallardo, que pede R$ 5,3 milhões; Villas-Boas é descartado

Técnico mais vitorioso da América do Sul na última década, Marcelo Gallardo apareceu na mira do São Paulo - Efe
Técnico mais vitorioso da América do Sul na última década, Marcelo Gallardo apareceu na mira do São Paulo Imagem: Efe

Thiago Fernandes

Do UOL, em São Paulo

04/02/2021 04h00

Após a demissão de Fernando Diniz, o São Paulo fez uma consulta por Marcelo Gallardo, atualmente no River Plate, da Argentina. O clube procurou o treinador, que pediu cerca de US$ 1 milhão (R$ 5,35 milhões na cotação atual) por mês para assumir o cargo. O valor é considerado fora da realidade para o clube. O português André Villas-Boas, que deixou recentemente o Olympique de Marselha, da França, também foi descartado.

A procura por Gallardo, bicampeão da Libertadores, foi uma sondagem inicial, com intuito de saber a possibilidade de trazê-lo ao Morumbi no mercado da bola — não foi feita uma proposta. O técnico, além de pedir um valor fora da realidade são-paulina, esboçou o desejo de trabalhar no futebol europeu quando deixar o River Plate, equipe que comanda desde a metade de 2014.

O argentino de 45 anos coleciona títulos no Monumental de Núñez e acredita que as conquistas recentes lhe dão um portfólio necessário para cruzar o Oceano Atlântico e trabalhar em um grande centro na Europa. Ainda não há uma oferta do continente pelo comandante.

A diretoria são-paulina é cautelosa quanto à procura de um nome para a função de Fernando Diniz. Embora tenha predileção por um técnico do exterior, sobretudo pela escassez de opções no mercado nacional, entende que a desvalorização do real em relação às moedas estrangeiras atrapalha a busca por um gringo.

O português André Villas-Boas, que ficou desempregado recentemente, era um nome que agradava à cúpula e parte da torcidaele esteve perto do clube em 2012. Porém, já foi descartado pela gestão de Julio Casares. O motivo é o mesmo de Gallardo: o alto salário. Villas-Boas e membros da sua comissão técnica recebiam cerca de R$ 2,5 milhões por mês até decidirem pela saída do Olympique de Marselha, na última terça-feira (2).

Schelotto é procurado

Guillermo Barros Schelotto aparece na mira do São Paulo - Gabriel Bouys/AFP - Gabriel Bouys/AFP
Guillermo Barros Schelotto aparece na mira do São Paulo
Imagem: Gabriel Bouys/AFP

Guillermo Barros Schelotto, ex-técnico do Los Angeles Galaxy, dos Estados Unidos, também foi procurado para conversar sobre uma possível mudança para o Morumbi. Atualmente sem clube, o argentino dialogou com membros da diretoria. A sua situação, contudo, ainda não foi decidida.

Deve haver uma nova conversa do clube com o técnico. O argentino surge como uma possibilidade para o cargo que era ocupado por Diniz até a última segunda-feira.

Schelotto foi campeão da Copa Sul-Americana 2013 pelo Lanús. Ele também venceu o Campeonato Argentino em duas oportunidades pelo Boca Juniors, em 2017 e 2018.

Os membros do departamento de futebol têm conversado com alguns técnicos com o intuito de ver qual perfil se adequa melhor à nova realidade do clube, que terá que fazer um trabalho baseado em jovens da base e com bastante restrição financeira.

Ramírez segue na mira

Miguel Angel Ramirez segue na mira do São Paulo no mercado da bola - Silvia Izquierdo-Pool/Getty Images - Silvia Izquierdo-Pool/Getty Images
Miguel Angel Ramirez segue na mira do São Paulo no mercado da bola
Imagem: Silvia Izquierdo-Pool/Getty Images

O São Paulo mantém conversas com Miguel Ángel Ramírez e tem ciência do acordo verbal do técnico com o Internacional. O UOL Esporte já publicou que o espanhol não pretende se desfazer do combinado com os gaúchos. Porém, a diretoria são-paulina segue atenta à situação e não descarta novas investidas por sua contratação. O problema é um provável longo período de espera.

O treinador deixou o Independiente Del Valle, do Equador, no fim do ano passado, e é visto como a prioridade pelo presidente Julio Casares. O mandatário e o coordenador Muricy Ramalho são admiradores do trabalho de Ramírez e gostariam de tê-lo no CT da Barra Funda para a próxima temporada.

Embora esteja apalavrado com o técnico espanhol, o Inter vê Abel Braga em ascensão na temporada. O técnico assumiu o time após o pedido de demissão de Eduardo Coudet e o levou à liderança isolada do Brasileirão, com 65 pontos.

São Paulo