PUBLICIDADE
Topo

Mundial de Clubes - 2020

Tigres tem 50% de aproveitamento com times brasileiros na Libertadores

Tigres estreia no Mundial de Clubes 2020 nesta quinta (04) - Divulgação/Instagram
Tigres estreia no Mundial de Clubes 2020 nesta quinta (04) Imagem: Divulgação/Instagram

Colaboração para o UOL, em São Paulo

04/02/2021 16h47

Após a vitória por 2 a 1 contra o Ulsan, da Coreia do Sul, o Tigres garantiu a vaga na semifinal do Mundial de Clubes e será o adversário do Palmeiras na próxima fase da competição.

Diante disso, muitas interrogações tomaram a cabeça dos palmeirenses sobre o confronto que tem pela frente. Além das informações mais recentes, como os últimos títulos Champions League CONCACAF e do Campeonato Mexicano, contar com o experiente atacante André Pierre-Gignac e um trabalho duradouro de Ricardo 'Tuca' Ferretti, que está há anos no comando do clube, o que mais sabemos sobre eles?

Pensando em um desempenho do Tigres contra equipes brasileiras, os números nos trazem o famoso 'meio a meio', justamente pelo fato de que foram seis jogos, com três vitórias, três derrotas, oito gols marcados e nove gols sofridos, pela Libertadores da América.

O primeiro encontro com brasileiros foi em 2005, contra o São Paulo. Na ocasião, os comandados de Paulo Autuori levaram a melhor nas quartas de final. No jogo de ida, o time do Morumbi venceu por 4 a 0, com dois gols de Rogério Ceni. Na volta, o Tigres ainda conseguiu o placar de 2 a 1, porém, não foi o suficiente para reverter o primeiro placar.

No ano seguinte, em 2006, o adversário da vez foi o Corinthians. Ao todo foram dois jogos pela fase de grupos. Um deles, o Corinthians levou a melhor, vencendo por 1 a 0 e no seguinte perdeu por 2 a 0. Na ocasião, os dois foram os classificados para as oitavas de final.

Dez anos depois do primeiro encontro, o Tigres voltou a enfrentar um brasileiro. Desta vez, o adversário foi o Internacional. O encontro aconteceu na semifinal da Libertadores da América e os mexicanos levaram a melhor. Após um jogo de ida em 2 a 1 para os gaúchos, o Tigres reverteu o placar e venceu por 3 a 1, conseguindo a vaga na grande final, quando acabou derrotado pelo River Plate.

Neste intervalo de tempo, em 2014 o Tigres fez um amistoso contra o Cruzeiro. Na ocasião, o time mineiro levou a melhor e venceu por 2 a 0, com dois gols do atacante Ricardo Goulart, ex-Palmeiras.

Diante disso, fica-se a dúvida do que os comandados de Abel Ferreira terão pela frente. Ao que tudo indica, com base na partida de hoje, o Palmeiras terá um adversário com algumas qualidades, como o poder de ataque e a criação. Logo, os mexicanos também enfatizaram uma deficiência, que seria a lentidão, justamente por contar com jogadores mais veteranos.

Palmeiras e Tigres entram em campo no Estádio Cidade da Educação, no domingo, 7, às 15h. Quem passar enfrentará o classificado da semifinal que terá Bayern de Munique e Al-Ahly.