PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Felipe Conceição chega ao Cruzeiro e afirma: "maior desafio da carreira"

Felipe Conceição chega ao Cruzeiro com a missão de recolocar o clube na Série A do Campeonato Brasileiro - Bruno Haddad/Cruzeiro
Felipe Conceição chega ao Cruzeiro com a missão de recolocar o clube na Série A do Campeonato Brasileiro Imagem: Bruno Haddad/Cruzeiro

Guilherme Piu

Do UOL, em Belo Horizonte

03/02/2021 17h00

O primeiro dia de Felipe Conceição, o novo técnico do Cruzeiro, em Belo Horizonte, teve almoço com dirigentes, tour pela Toca II e a primeira entrevista coletiva já vestindo uma camisa social com a marca do centenário da Raposa. E em seus primeiros momentos no centro de treinamento azul o profissional já destacou o tamanho de sua responsabilidade: "É o maior desafio da minha carreira", cravou.

Depois de tirar o Guarani da zona de rebaixamento da Série B do ano passado — que terminou no fim de janeiro por mudanças no calendário devido à pandemia da covid-19 — e levar o Bugre a uma briga pelo acesso, que acabou não acontecendo por uma queda de produção em momento crucial na competição, Felipe recebeu o convite do Cruzeiro. E o treinador falou desse momento e do seu desafio no clube estrelado.

"Estou muito feliz, não preciso nem dizer, pela grandeza do clube, da torcida, pelo tamanho do projeto que me apresentaram, que é reerguer um gigante. Isso me deixa feliz e motivado, e dedicação não faltará em momento algum. Desde o primeiro dia da conversa e depois com a proposta a minha motivação começou, e a cabeça não para de pensar no Cruzeiro em momento algum", disse.

A chegada de Conceição ao Cruzeiro terá aporte de um dos grandes investidores do clube, tendo em vista a situação financeira agravada, com dívidas, salários atrasados e punições administrativas que atingem também o lado desportivo. E o próprio Felipe sabe que sua missão não será fácil, mas contou o que o fez aceitar a proposta cruzeirense.

"Projeto de reestruturação do clube, de tirar o clube de onde ele está, do momento em que ele vive e leva-lo onde ele merece. Além da grandeza do Cruzeiro, foi isso tudo que me motivou, e isso vem não só da grandeza e história do clube, mas das pessoas que hoje representam o clube. Somando isso foi fácil de escolher, é o maior desafio da minha carreira, estou feliz, motivado e orgulhoso de estar aqui. Sou um treinador jovem, mas muito motivado, com muita gana e preparado para essa situação, pois peguei em outras equipes situações até piores e conseguimos reverter. Lógico que não é o treinador sozinho que vai reverter todo o quadro do clube, será junto com todos que estão no clube, mais a torcida. A gente vai ter que remar cada dia, tijolinho por tijolinho, para que a gente possa ver o Cruzeiro onde ele merece estar, na Série A, brigando por títulos grandes novamente, é isso que vamos buscar desde o primeiro dia", garantiu.

Cruzeiro