PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Inter está invicto contra adversários diretos, mas alerta para "armadilhas"

Inter comemora boa fase, mas não quer cair em "armadilhas" na reta final do Brasileiro - Ricardo Duarte/Inter
Inter comemora boa fase, mas não quer cair em "armadilhas" na reta final do Brasileiro Imagem: Ricardo Duarte/Inter

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

28/01/2021 04h00

Classificação e Jogos

A boa fase do Internacional no Campeonato Brasileiro é inegável. Mas não é apenas o momento positivo que coloca o Colorado no topo da classificação. Levando em consideração os jogos contra rivais direitos, o time gaúcho não perdeu uma vez sequer.

O único dos seis primeiros que não enfrentou o Inter duas vezes até agora é o Flamengo. Resta uma partida contra o Rubro-Negro, pela penúltima rodada, no Rio de Janeiro. Mas, diante dos demais, o aproveitamento sempre foi bom.

O Colorado conquistou 17 pontos contra os rivais do topo da tabela, totalizando aproveitamento de 63%. Ganhou uma vez e empatou outra contra São Paulo, Atlético-MG, Palmeiras e Grêmio. E teve um empate até então diante do Fla.

Os 17 pontos simbolizam pouco mais de 27% da pontuação total do time até agora. O Inter lidera a classificação com 62.

Mas o bom desempenho não pode gerar tranquilidade. Abel Braga utilizou a entrevista coletiva que sucedeu o jogo contra o Grêmio — vitória de virada por 2 a 1, quebrando um jejum de 11 partidas contra o rival — para lutar contra euforia. Segundo o treinador, o rendimento não pode fazer o Colorado "cair em armadilhas".

"É um momento especial, mas que não vai nos fazer nos pendurar em flores ou, o termo que gosto de falar para eles [jogadores], cair em armadilhas", disse.

O duelo com o Bragantino, domingo (31), no Beira-Rio, é visto nos bastidores como muito complicado. O time paulista, a exemplo do Inter, vive ótima fase, tem a segunda melhor campanha no returno do campeonato e não perde há cinco jogos. Venceu Ceará, Vasco e Corinthians em seus últimos compromissos.

"Tudo que se fala fica lá fora, não queremos nada aqui dentro. Vamos seguir trabalhando firme, forte, jogo a jogo", completou Abel.

Depois do Bragantino, o Colorado terá pela frente: Athletico Paranaense (fora), Sport (em casa), Vasco (fora), Flamengo (fora) e Corinthians (em casa) até o fim do Brasileirão.

Internacional