PUBLICIDADE
Topo

Chelsea

Jornal classifica primeiro resultado de Tuchel no Chelsea como 'frustrante'

Thomas Tuchel, na estreia no comando do Chelsea - Getty Images
Thomas Tuchel, na estreia no comando do Chelsea Imagem: Getty Images

Do UOL, em São Paulo

27/01/2021 20h09

Tudo foi muito rápido no Chelsea. Dois dias após o anúncio da demissão do técnico Frank Lampard, Thomas Tuchel assumiu e já comandou a equipe contra o Wolverhampton. O resultado - um empate sem gols em Stamford Briedge, não agradou ninguém, e para o jornal 'The Guardian', foi "frustrante".

"Tuchel mal teve tempo de desfazer as malas desde sua nomeação como técnico do Chelsea, e se ele ainda não sabia, essa foi a confirmação de que 'desfazer os nós' do seu novo time não será fácil. Assim como Lampard, ele não conseguiu encontrar a melhor fórmula para o meio campo e para o ataque", escreveu o jornal na crônica do jogo.

A publicação destacou as diferenças entre o alemão e o ídolo do Chelsea, agora ex-treinador da equipe, e como alguns jogadores podem perder ou ganhar espaço com a nova gestão. Mount, capitão do time no último jogo de Lampard, ficou na reserva. O nervosismo de Tuchel durante a partida também não passou desabercebido.

"O ex-técnico do Paris Saint-Germain voltou para o banco, trocando Christian Pulisic para Chilwell. Tammy Abraham, que marcou três gols contra Luton, substituiu Giroud. Pulisic quase marcou, passando da entrada da área, e Hudson-Odoi também tentou, mas o chute foi defendido por Rui Patrício. A pressão cresceu, e os Wolves resistiram. O apito final soou após Havertz ter perdido uma chance de cabeça, foi a confirmação de que Tuchel precisa de tempo", analisou.

O alemão não terá tanto tempo como gostaria para implantar sua filosofia. No domingo (31), o Chelsea enfrenta o Burnley, às 9h (Horário de Brasília), e na quinta (4) tem mais um jogo importante, desta vez contra o Tottenham, fora de casa. A equipe está na 8ª colocação, e precisa vencer para se reabilitar na competição e se aproximar dos líderes.

Chelsea