PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Goiás aguarda parcela de Michael, e Fla tem 10 dias para se livrar de multa

Michael, atacante do Flamengo, em ação na final do Carioca 2020 contra o Fluminense - Thiago Ribeiro/AGIF
Michael, atacante do Flamengo, em ação na final do Carioca 2020 contra o Fluminense Imagem: Thiago Ribeiro/AGIF

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

27/01/2021 10h48

O Goiás mantém a paciência e aguarda a quitação de uma parcela de 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 16,3 milhões na cotação atual) da compra de Michael pelo Flamengo.

O atacante foi parcelado em três vezes pelo Fla, mas essa última fatia está pendente e venceu no último dia 25. Os cariocas têm 10 dias para pagar se não quiserem ter de arcar com uma multa de 20% correção e juros sobre o valor devido.

Nos últimos dias, a cúpula do Fla foi procurada pelos goianos, mas ainda não houve sinalização concreta alguma sobre o desfecho do negócio. O Esmeraldino tem pressa, mas acompanha os prazos estabelecidos.

Em julho do ano passado, os rubro-negros renegociaram uma das parcelas devidas. O clube pagou 1,4 milhão de euros (R$ 9,1 milhões) e combinou que 1,1 milhão de euros (R$ 7,2 milhões) restantes seriam depositados em 1º de abril deste ano. Desta forma, o Flamengo ainda deve 3,6 milhões de euros (R$ 23,5 milhões) pelo jogador.

Em paralelo, a direção discute a saída de Michael, que desperta interesse dos Emirados Árabes. Em dívida e com pouca grana no caixa, o Fla tenta ganhar tempo para minimizar o prejuízo.

Contratado em janeiro de 2020, Michael nunca se firmou e foi uma das maiores frustrações recentes do clube no mercado da bola.

Flamengo