PUBLICIDADE
Topo

Libertadores - 2020

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Blogueiros: Série de tropeços de Palmeiras e Santos pode influenciar final?

Taça da Copa Libertadores no gramado do estádio do Maracanã - Divulgação/Conmebol Libertadores
Taça da Copa Libertadores no gramado do estádio do Maracanã Imagem: Divulgação/Conmebol Libertadores

Do UOL, em Santos (SP)

27/01/2021 11h35

Palmeiras e Santos fazem no próximo sábado (30), às 17h (de Brasília), no Maracanã, a tão esperada decisão da Copa Libertadores de 2020. Os times comandados por Abel Ferreira e Cuca chegam para a final com resultados negativos acumulados recentemente; ambos não vencem há três jogos, todos eles válidos pelo Campeonato Brasileiro.

Mas será que essa série de tropeços pode influenciar na final? Fizemos essa pergunta aos colunistas do UOL Esporte:

Nada. Os últimos resultados só reforçam o tamanho do jogo do fim de semana, e o foco natural dos dois times.
ANDREI KAMPFF

De maneira alguma. O Palmeiras jogou duas partidas sem força máxima, o Santos também poupou. É mais provável falar que a ansiedade pela final atrapalhou essa sequência de jogos do que afirmar que o resultado desses três jogos afetará o jogo de sábado.
DANILO LAVIERI

Não vejo possibilidade destes tropeços terem influência na final. Os dois times estão com a cabeça no Maracanã há algum tempo, comissões técnicas também. É natural a perda de competitividade no Brasileiro.
JULIO GOMES

Não acho que influencie. Os dois times pouparam jogadores em algumas partidas da sequência sem vitória justamente por causa da Libertadores. Nesse calendário maluco em anos pandêmicos é preciso sacrificar o Brasileiro pelas Copas.
MARCEL RIZZO

Não. São bons times, o Palmeiras mais coletivo e o Santos com individualidades como Marinho e farão um grande jogo. A intensidade e o jogo pelos lados do campo, estão garantidos, pelo estilo de Cuca e Abel.
MENON

Pode e deve. Os dois times perderam o embalo que tinham conquistado nas semifinais da Libertadores. O Santos, que no papel tem o time mais fraco da final, deve ser o maior prejudicado por essa queda de ritmo.
MILTON NEVES

Na minha opinião, de 0 a 10, a influência que esses tropeços podem ter é 0. Natural que o foco na final da Libertadores gere uma queda de rendimento agora. Tudo sob controle.
PERRONE

Acho que não. Palmeiras e Santos estão focados na decisão da Libertadores e os últimos jogos não serviram de parâmetro para a final. Jogadores foram poupados, titulares jogaram com o freio de mão puxado, o que é normal antes de uma grande decisão.
RODOLFO RODRIGUES

Não influencia em nada. O mental dos jogadores está voltado para a final desde que se classificaram. Foram muitos times mistos nessa sequência de jogos e logicamente o desempenho acaba não sendo o mesmo. Não tenho dúvidas que no dia-dia, tanto Cuca, quanto Abel, falaram muito mais do jogo do dia 30 do que todos os outros recentes.
RODRIGO COUTINHO

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL