PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Nonato vê 'grupo fechado' no Inter e elogia comando de Abel: "Justo"

Nonato participa de clássico Gre-Nal pelo Inter e elogia Abel Braga - Max Peixoto/MS +
Nonato participa de clássico Gre-Nal pelo Inter e elogia Abel Braga Imagem: Max Peixoto/MS +

Marinho Saldanha

Do UOL, em Porto Alegre

26/01/2021 13h32

Classificação e Jogos

Uma das principais tarefas de um treinador é convencer os reservas. Jogadores que não são utilizados com frequência costumam perder interesse ou motivação. Não é o que acontece no Inter. Nonato, normalmente suplente utilizado com frequência, elogia o técnico Abel Braga e a justiça que ele promove entre os jogadores.

"O Abel é um cara que blinda a nossa equipe e sabe extrair o máximo de cada jogador. Independente de quem joga mais ou joga menos, ele está sempre conversando, orientando e fazendo cobranças pontuais e importantes. Isso faz com que todos estejam prontos na hora que ele precisar, como foi o meu caso nesse Gre-Nal. Então todos vêm treinando muito bem, pois sabemos que uma hora a oportunidade vai aparecer, principalmente nessa reta final de Brasileiro", disse o meio-campista ao UOL Esporte.

Para Nonato, Abel consegue ser justo com todos os jogadores do grupo, independente de quem começa atuando ou entra no decorrer da partida.

"Ele é um cara que conversa com todo mundo, sabe ganhar a equipe e tem o grupo na mão. Isso faz com que a gente se doe ao máximo por ele, pois sabemos da história dele e que é uma pessoa justa e trabalhadora", acrescentou.

No Gre-Nal, Nonato entrou no segundo tempo e teve boa participação. O jogador é repetidamente chamado pelo comandante para participar das partidas. Depois do jogo, ganhou elogios pela entrega e a compreensão tática do que era necessário naquele momento do jogo. O Inter buscava empatar e virar — o que acabou acontecendo — mas ainda assim necessitava tomar cuidado nos contra-ataques.

"Posso dizer que nosso grupo está muito focado no objetivo e não queremos perder para nós mesmos, deixar subir pra cabeça. Então, nosso maior objetivo é o foco, trabalhar em silêncio, pois foi assim que as coisas deram certo e não será por uma vitória no clássico que deixaremos subir pra cabeça. Vamos manter os pés no chão atrás do nosso objetivo final", afirmou.

Com 22 anos, Nonato se diz grato e feliz pelo que vive no Inter. O amadurecimento desde as categorias de base e a condição de membro definitivo do elenco de cima animam o jogador, cujo vínculo vai até 2023.

"Eu estou muito feliz no clube e quero agradecer ao colorado por ter aberto as portas para que eu pudesse mostrar o meu trabalho. Não tenho reclamações, só agradecimentos e quero dizer que eu criei um carinho por esse clube que eu vou levar para a minha vida toda", disse.

"Nosso pensamento tem que ser pés no chão. Claro que todos sonhamos e almejamos um título, mas temos que pensar partida a partida. Estamos fechados junto com o Abel, vamos manter o foco aqui e evitando a euforia da mídia e da torcida nas redes sociais. Se Deus quiser, no fim dessa temporada, seremos coroados com esse título", finalizou.

O Colorado lidera o Brasileirão com 62 pontos. Na próxima rodada, domingo, terá pela frente o Bragantino.

Internacional