PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Com defesa de pênalti e gol de goleiro, Atlético-GO vence Fortaleza

Do UOL, em São Paulo

24/01/2021 20h08

Em um jogo em que o goleiro Jean defendeu um pênalti e marcou o primeiro gol do seu time, o Atlético-GO venceu o Fortaleza neste domingo (24), por 2 a 0, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia, em partida válida pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série A. Natanael aumentou para os donos da casa.

Com o resultado, o Dragão chega a 42 pontos e se afasta ainda mais da zona de rebaixamento, enquanto o Leão estaciona nos 35 e continuará nas próximas rodadas buscando pontos para se manter na primeira divisão.

Na próxima rodada, o Atlético-GO volta a jogar em casa, desta vez diante do São Paulo. Já o Fortaleza também enfrentará o Atlético-MG, fora de casa. As duas partidas acontecem no próximo dia 31.

O Melhor: Jean

O goleiro do Atlético-GO fez um primeiro tempo dos sonhos de qualquer atleta da posição. Isso porque no meio da primeira etapa, defendeu cobrança de pênalti da equipe adversária e minutos depois abriu o placar a favor da sua equipe, também em penalidade máxima.

O Pior: Juninho

O meia campista do Fortaleza teve uma chance de ouro para deixar o time na frente do marcador, ao pedir a bola para cobrar o pênalti, aos 27 minutos do primeiro tempo. No entanto, o camisa 5 bateu muito mal, no meio do gol, sem dificuldades para o goleiro Jean fazer a defesa. Para piorar, na sequência, levou cartão amarelo por falta em Marlon Freitas e no segundo tempo foi expulso após parar contra-ataque.

Atuação do Atlético-GO

O primeiro tempo do grupo de jogadores comandados por Marcelo Cabo foi lento e com poucas oportunidades, já que o time tinha dificuldade de criar no meio campo. Porém a atuação marcante do goleiro Jean foi fundamental para o resultado positivo e o afastamento da zona de rebaixamento,

Atuação do Fortaleza

Mesmo jogando fora de casa, o time comandado pelo técnico Enderson Moreira não quis ficar recuado e propôs o jogo, principalmente na primeira etapa. As chances foram criadas, como o pênalti a favor aos 27 minutos, porém a equipe não aproveitou, perdeu intensidade e 12 minutos depois ficou atrás do placar após pênalti convertido por Jean.

História do Jogo

O primeiro tempo realizado em Goiânia foi morno e de certa forma equilibrado, com o Fortaleza buscando mais o jogo, mesmo atuando fora de seus domínios. Com isso, o período foi marcado por duas cobranças de pênalti, uma para cada lado.

O primeiro deles aconteceu aos 27 minutos, quando a bola bateu na mão do zagueiro João Victor após chute na entrada da área. Depois de consultar o VAR, o árbitro marcou o pênalti, que Juninho bateu fraco, no meio do gol, sem problemas para Jean defender. Pouco mais de dez minutos depois, Janderson foi derrubado na área, e Jean bateu bem e abriu o placar a favor dos donos da casa.

No segundo tempo, os visitantes continuaram propondo o jogo, porém desta vez dando mais espaço para o Dragão, que aproveitou com as rápidas investidas de Janderson, que sofreu falta de Juninho e forçou expulsão do camisa cinco do Fortaleza.

Minutos depois, Natanael aproveitou grande jogada do zagueiro João Victor para empurrar a bola para as redes e garantir os três pontos a favor do Atlético-GO.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-GO 2 X 0 FORTALEZA

Competição: 32ª rodada do Campeonato Brasileiro
Data: 24/01/2021
Hora: 18h15
Local: Antônio Accioly, em Goiânia (GO)
Árbitro: Rafael Traci (Fifa / SC)
Assistentes: Kleber Lúcio Gil (Fifa / SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
VAR: Heber Roberto Lopes (SC)
Cartões amarelos: João Victor (Atlético-GO); Juninho (Fortaleza)
Cartão vermelho: Juninho (Fortaleza)
Gol: Jean, aos 39 minutos do primeiro tempo e Natanael aos 34 do segundo tempo

Atlético-GO: Jean; Dudu, João Victor, Éder (Gilvan) e Natanael; Willian Maranhão (Baralhas), W.Rato e Marlon Freitas; Danilo Gomes (Arnaldo), Janderson e Zé Roberto (Vitor). Técnico: Marcelo Cabo

Fortaleza: Felipe Alves; Gabriel Dias, Paulão, Jackson e Tinga; Juninho, Ronald (Luiz Henrique), M. Vázquez (Wellington Paulista) Osvaldo (João Paulo) e David (Ederson); Yuri César (Derley). Técnico: Enderson Moreira

Futebol