PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Abel Ferreira se solidariza com vítimas do acidente com delegação do Palmas

Acidente ocorreu em uma pista particular em Luzimangues (Tocantins) - Divulgação
Acidente ocorreu em uma pista particular em Luzimangues (Tocantins) Imagem: Divulgação

Do UOL, em São Paulo

24/01/2021 16h17

Minutos antes do duelo entre Ceará e Palmeiras, o treinador do Alviverde, Abel Ferreira, comentou o acidente aéreo que vitimou quatro jogadores e o presidente do Palmas, além do piloto do avião, na manhã de hoje (24).

"Em primeiro lugar, gostaria de dar uma palavra de conforto aos familiares das pessoas que morreram no acidente de avião, do Palmas. Para eles, minha palavra de conforto" disse, aos microfones da TNT Sports.

O acidente

Os atletas Lucas Praxedes, de 23 anos, Guilherme Noé, 28, Ranule, 27, Marcos Molinari, 23, o presidente Lucas Meira, 32, e o piloto, identificado apenas como Wagner, não resistiram a queda do avião em Luzimangues, distrito de Porto Nacional, no Tocantins

O grupo seguia para Goiânia, onde o Palmas tinha partida marcada para esta segunda-feira (25) contra o Vila Nova, pela Copa Verde. A CBF adiou o confronto em função da tragédia e divulgou uma nota se solidarizando com familiares das vítimas.

Segundo relatos de moradores próximos à região, o acidente fatal ocorreu por volta das 8h15, logo após a aeronave decolar, ainda próximo da cabeceira da pista da Associação Tocantinense de Aviação O avião pegou fogo tão logo tocou o chão e ficou completamente destruído, vitimando os seis integrantes do voo imediatamente.

Palmeiras