PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

OPINIÃO

Texto em que o autor apresenta e defende suas ideias e opiniões, a partir da interpretação de fatos e dados.

Blogueiros: Quem sai fortalecido e enfraquecido da rodada de líderes?

Yuri Alberto comemora um de seus gols pelo Internacional contra o São Paulo - Marcello Zambrana/AGIF
Yuri Alberto comemora um de seus gols pelo Internacional contra o São Paulo Imagem: Marcello Zambrana/AGIF

Do UOL, em Santos (SP)

22/01/2021 13h41

Classificação e Jogos

Flamengo e Palmeiras fizeram na noite de ontem (21) o último dos jogos de líderes que marcaram a 31ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time carioca levou a melhor e venceu o rival por 2 a 0, no Mané Garrincha.

Na quarta-feira (20), outros quatro 'líderes' já haviam entrado em campo: Grêmio e Atlético-MG ficaram no empate por 1 a 1, em Porto Alegre, enquanto o Internacional surpreendeu o São Paulo no Morumbi e goleou por 5 a 1.

Dentre os seis 'líderes', quem saiu fortalecido da última rodada? E quem saiu enfraquecido? Veja o que os colunistas do UOL Esporte pensam:

Não há como fugir do óbvio: Inter sai muito fortalecido com a liderança alcançada com goleada e autoridade. São Paulo praticamente na lona com a maior derrota do time no Morumbi.
ANDRÉ ROCHA

Obviamente o Inter e o Flamengo. O Colorado porque uma vitória sobre o então líder na casa dele e por goleada é algo que não acontece todos os dias, muito ao contrário. Se conseguir quebrar a escrita, neste domingo, de 11 Gre-Nais sem vencer, o Inter vira Hércules. Já o Rubro-negro embicou na rota do bi e do octa. Passou com autoridade pelo Palmeiras e depende apenas dos próprios resultados. Como tem o melhor time do país é bem capaz de fazer valer a ideia de que na maratona dos pontos corridos o melhor sempre vence.
JUCA KFOURI

É lógico que os resultados são a própria resposta. Inter e Flamengo saem fortalecidos, São Paulo e Palmeiras, enfraquecidos. No caso do São Paulo, não sai só mais fraco, sai destroçado. É o grande derrotado da semana. O Palmeiras está fora do Brasileiro, mas tem duas finais para jogar. O Inter sai esperançoso de conseguir algo improvável, mas acho que o Flamengo é o grande vencedor da rodada.
JULIO GOMES

Inter e Flamengo. O clube gaúcho se consolida como candidato com uma ótima atuação e o carioca venceu rival direto voltando a jogar melhor que o adversário. O São Paulo terá que juntar os cacos e, mentalmente, se recuperar, mas ainda está forte no páreo. O Atlético-MG tropeçou de novo e parece não ter força para chegar mais perto da liderança. Palmeiras e Grêmio acho que não brigarão mais.
MARCEL RIZZO

Inter e Flamengo, mas pode mudar muito a cada rodada nesse campeonato maluco.
MAURO CEZAR

O Inter, que assumiu a ponta e se fortaleceu para o Gre-Nal. E o Flamengo, que fez a melhor partida sob comando de Ceni.
MENON

Saem fortalecidos o Inter (principalmente) e o Flamengo. O Colorado terá agora que fazer muita força para perder a taça, enquanto o Mengão, aparentemente, ficará com o honroso vice. Galo e Grêmio estão na mesma. Já o Palmeiras sai enfraquecido, e o São Paulo, despedaçado.
MILTON NEVES

O Inter sai da rodada como o fortão do momento porque chegou à liderança. Queimou minha língua. Não achei que conseguiria. O Flamengo reencontrou o equilíbrio emocional, algo que o São Paulo, o maior derrotado da rodada, perdeu de vez.
PERRONE

Internacional e Flamengo saem fortalecidos. Principalmente o Inter, pela goleada arrasadora sobre o até então líder São Paulo, em pleno Morumbi. O Flamengo, por sua vez, voltou forte à luta, por bater o Palmeiras, finalista da Libertadores e da Copa do Brasil. Inter e Fla passam a depender somente de seus próprios resultados, mais um motivo para esse fortalecimento. O mais enfraquecido é o São Paulo, por perder a ponta com uma goleada humilhante, culminando uma sequência de maus resultados que derrotou a vantagem de sete pontos que tinha na frente. É sem dúvida o grande derrotado da rodada. O Atlético Mineiro foi ultrapassado pelo Flamengo, mas ainda está forte no páreo, apesar do empate com o Grêmio, que ficou em posição difícil na luta pelo Brasileiro. Mas pode se fortalecer se vencer o Gre-Nal. Já o Palmeiras recebeu um recado claro. Esqueça o Brasileirão e foque na Libertadores, num possível Mundial e na Copa do Brasil.
RENATO MAURÍCIO PRADO

O Internacional foi o grande vencedor dessa última rodada. Além de pegar a liderança, desmoronou o São Paulo. O Flamengo se deu muito bem também. Grêmio e Palmeiras, mais distantes na pontuação, além do São Paulo, saem mais enfraquecidos.
RODOLFO RODRIGUES

Flamengo e Inter. Ambos ainda dependem só de si para serem campeões e tiveram não só resultados expressivos, mas desempenhos acima daquilo que vinham mostrando, principalmente pelo fato de enfrentarem rivais diretos e fortes. Galo, Grêmio e Palmeiras seguem na mesma e o São Paulo sai muito enfraquecido. Pelo que jogou e pelo resultado em si. Difícil uma goleada por 5x1 dentro de casa não ter desdobramentos negativos numa disputa pelo título.
RODRIGO COUTINHO

Do saldo da rodada mata-mata, São Paulo afunda na derrocada e o Inter se afirma na briga pelo título. Flamengo obtém vitória que pode ser ponto de virada na reta final. Galo mostra-se vivo pela taça, está jogando em nível bom e com tabela boa. Grêmio e Palmeiras ficaram distantes e são apostas improváveis no contexto.
RODRIGO MATTOS

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do UOL