PUBLICIDADE
Topo

Brasileirão - 2020

Flamengo vence confronto direto com Palmeiras, sobe e se aproxima do líder

Do UOL, em São Paulo

21/01/2021 20h58

Classificação e Jogos

O Flamengo venceu o Palmeiras por 2 a 0, hoje (21), no estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF), no confronto direto pelas primeiras posições. No duelo válido pela 31ª rodada do Campeonato Brasileiro, Luan, contra, e Pepê fizeram os gols rubro-negros. Com isso, a equipe de Rogério Ceni subiu ao terceiro lugar, aproximando-se do líder Internacional.

O resultado é muito importante para o atual campeão brasileiro e significa a segunda vitória seguida para o Fla, que havia batido o Goiás na rodada passada. Agora, o Rubro-negro tem 55 pontos em 30 jogos e está a quatro do Inter, que possui uma partida a mais.

Já o Palmeiras fica mais distante da briga. Finalista da Copa do Brasil e da Libertadores, o time parou nos 51 pontos em 30 jogos e perdeu a chance de entrar no G4. O Verdão está na quinta posição do Brasileiro.

Os dois times voltam a atuar no domingo (24): o Flamengo visita o Athletico-PR, às 16h, na Arena da Baixada, e o Palmeiras no mesmo horário duela com o Ceará, na Arena Castelão.

O MELHOR: DIEGO VAI BEM DE NOVO

Novamente titular, Diego fez mais um bom jogo pelo Flamengo. Escalado com uma função também com responsabilidades defensivas, o camisa 10 foi incansável na marcação, preencheu bem os espaços e contribuiu na saída de bola. Com o time mais atrás, o rubro-negro foi importante para esfriar o jogo e fazer com que o time valorizasse mais a posse de bola. Esgotado fisicamente, foi substituído por Pepê, que entrou para dar sangue novo.

OS PIORES: ZAGUEIROS DO VERDÃO SE CONFUNDEM

Não foi a melhor noite para a dupla Luan e Kuscevic no Palmeiras. Além do gol contra, os dois se confundiram em alguns momentos de disputa de bola pelo alto e inclusive se chocaram em um lance que gerou atendimento médico para o camisa 13. O chileno ainda deu seus sustos na saída de bola.

WILLIAN PERDE GRANDE CHANCE

Destaque do Palmeiras nas últimas duas rodadas do Brasileiro, contra Grêmio e Corinthians, Willian poderia ter mudado o rumo do jogo com três minutos. O atacante recebeu cruzamento rasteiro de Viña, de frente para o gol, mas desperdiçou uma excelente oportunidade. Ele acabou substituído no segundo tempo.

ARÃO ENTRA NA ZAGA

A principal novidade de Rogério Ceni para o confronto foi o recuo de Arão para a defesa. O técnico explicou que o camisa 5 vinha treinando nos últimos dias nesta posição e decidiu apresentar a novidade desde o início no confronto direto com o Palmeiras. O volante já havia sido usado na zaga durante jogos, mas foi escalado de início pela primeira vez. Como Ceni preza pela saída de jogo desde atrás, o camisa 5 deu boa qualidade no passe e não hesitou em chutar a bola para frente quando necessário.

ATUAÇÃO DO FLAMENGO

O Flamengo entrou em campo disposto a sufocar o Palmeiras em seu campo de defesa e a estratégia funcionou, sobretudo na etapa inicial. Com Arão na zaga, Ceni optou por um meio reforçado por Diego. O time adiantou suas linhas, deu poucos espaços para o adversário e foi premiado com um gol que teve início na pressão de Gabigol na marcação. Com a desvantagem, o Alviverde se atirou mais e o Fla sentiu o desgaste da correria. Apesar de mais recuado, a time não se desorganizou, suportou o abafa e conseguiu o resultado.

ATUAÇÃO DO PALMEIRAS

Apesar da repetição de praticamente todo o time que goleou o Corinthians (só Mayke, suspenso, deu lugar a Marcos Rocha), a postura do Palmeiras foi bem diferente em Brasília. O Verdão não conseguiu trabalhar a bola com a mesma efetividade e teve dificuldades para sair da pressão adiantada do time rubro-negro. A postura melhorou depois do intervalo, em que o time de Abel Ferreira rondou mais o campo de ataque. Ainda assim, criou pouquíssimo perigo para a meta de Hugo e acabou castigado com o segundo gol.

CRONOLOGIA

O Palmeiras teve a primeira grande chance do jogo, aos três minutos, quando Willian, livre, chutou para fora após cruzamento de Viña. Depois desse lance, o Flamengo passou a encontrar mais espaços, sempre tendo mais posse de bola. A superioridade, contudo, só foi se transformar em gol aos 46, depois de uma confusão na defesa alviverde: Kuscevic tentou afastar a bola em cima da linha, mas estourou em Luan, que fez contra, para o Rubro-negro.

Depois do intervalo, o jogo mudou, com o Palmeiras tentando pressionar mais o Flamengo, mesmo que sem obrigar o goleiro Hugo a fazer grandes intervenções. Quando o time carioca parecia sofrer pelo cansaço, Ceni fez mudanças, e Pepê, um dos que entraram, aproveitou rebote dentro da área aos 37 para marcar o segundo e decretar a vitória. O lance foi avaliado pelo VAR, que o considerou legal.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO 2 x 0 PALMEIRAS

Data: 21 de janeiro de 2021, quinta-feira
Horário: 19h (de Brasília)
Competição: 31ª rodada do Campeonato Brasileiro
Local: estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Árbitro: Sávio Pereira Sampaio (DF)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e José Reinaldo Nascimento Junior (DF)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Cartões amarelos: Bruno Henrique, Renê (FLA); Raphael Veiga (PAL)

Gols: Luan (contra), aos 46 minutos do primeiro tempo (1-0); Pepê, aos 37 minutos do segundo tempo (2-0)

FLAMENGO: Hugo; Isla, Willian Arão, Rodrigo Caio (Gustavo Henrique), e Filipe Luís; Gerson (Vitinho), Diego (Pepê), Everton Ribeiro e Arrascaeta (João Gomes); Bruno Henrique e Gabigol (Pedro). Técnico: Rogério Ceni

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Kuscevic e Viña (Gustavo Scarpa); Danilo (Gabriel Silva), Gabriel Menino, Zé Rafael e Raphael Veiga (Pedro Acácio); Willian (Lucas Lima) e Luiz Adriano (Breno Lopes). Técnico: Abel Ferreira