PUBLICIDADE
Topo

Cruzeiro

Cruzeiro anuncia acordo com PGFN garantindo desconto em dívida do clube

Cruzeiro revelou acordo com PGFN - Divulgação/Mineirão
Cruzeiro revelou acordo com PGFN Imagem: Divulgação/Mineirão

Colaboração para o UOL, em São Paulo

21/01/2021 18h53

Se dentro de campo o Cruzeiro decepcionou e não conseguiu voltar para a elite do futebol brasileiro, fora dele, o clube também segue em duras batalhas no lado financeiro. Com uma grande dívida, a Raposa negocia para conseguir diminuí-las e encontra a melhor forma de pagamento. Ao menos nesta quinta (21), uma vitória em relação a débitos com a Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional, com um acordo que garantiu um desconto.

Em comunicado, o Cruzeiro anunciou um acordo de transação excepcional, feito dia 29 de dezembro de 2020, no qual o clube renegociou débitos no valor total de aproximadamente R$ 3,5 milhões e também garantiu um desconto de 25%, sendo pago em 120 prestações.

O presidente do Cruzeiro, Sérgio Santos Rodrigues declarou: "Esta foi mais uma grande vitória do nosso Departamento Jurídico, que é capitaneado pelo superintendente Flávio Boson, e que conta por profissionais como o advogado tributarista João Paulo Almeida Melo, que nos auxiliou em mais este acordo. São grandes profissionais que estão prestando relevantes serviços ao Cruzeiro. Claro, registro, ainda, a importante interlocução neste tipo de demanda entre o jurídico e a diretoria financeira, que é liderada por Matheus Rocha. Aos poucos, com muito trabalho e dedicação, estamos resolvendo os problemas do Clube. Sabemos que nestes oito meses de gestão tivemos muitos erros e acertos. A caminhada é longa, mas nossa vontade de fazer do Cruzeiro uma instituição cada vez mais forte e de credibilidade é muito maior".

Com uma folha salarial alta para um clube na Série B, o Cruzeiro soma problemas financeiros que causam problemas dentro e fora de campo. Recentemente, os jogadores se negaram a concentrar antes de uma partida por conta dos salários atrasados.

Cruzeiro