PUBLICIDADE
Topo

Flamengo

Flamengo estanca vazamento e volta à briga no embalo do trio de 53 gols

Leo Burlá

Do UOL, no Rio de Janeiro

19/01/2021 04h00

Classificação e Jogos

O grande futebol sonhado pela torcida do Flamengo não veio, mas a vitória por 3 a 0 sobre o Goiás trouxe boas notícias e um novo alento para a sequência do Campeonato Brasileiro. A cinco pontos do líder São Paulo, mas com um jogo a menos, o Fla pode festejar também o fato de não ter levado um gol, algo que tem sido uma raridade ultimamente.

O último triunfo da equipe que veio acompanhado de um placar "zerado" havia sido contra o Botafogo, em 5 de dezembro. Desde a vitória naquele clássico, a equipe sofreu gols em quatro dos últimos cinco jogos. Fora o empate sem gols contra o Fortaleza, o Rubro-Negro foi vazado contra Santos, Bahia, Fluminense e Ceará.

Na capital goiana, o técnico Rogério Ceni confiou no contestado Gustavo Henrique para frear a bola aérea, grande aposta dos donos da casa. Com uma atuação segura, o defensor optou pela simplicidade para não comprometer e ganhar confiança com o bom resultado. Ainda que o Esmeraldino não tenha sido um rival que ofereceu tanto perigo, o "zero no placar" era fundamental para o prosseguimento do trabalho.

"Optamos pelo Gustavo, que é um jogador mais alto que fez um jogo seguro ao lado do Rodrigo [Caio]. Quando a gente consegue competir, o time tem jogadores diferentes e o talento aparece."

Se, defendendo, o Rubro-Negro deu um bom sinal, no ataque os atuais campeões brasileiros mostraram um poderio já conhecido por todos. Com gols de Arrascaeta (dez gols no ano), Gabigol (21) e Pedro (22), o time carioca liquidou a fatura com o trio responsável por 53 dos 113 gols da equipe na temporada, índice de 46,9%. Bruno Henrique (18) e Everton Ribeiro (nove) são as outras armas do arsenal flamenguista.

De volta ao time após ser reserva contra o Fortaleza, ontem, Gabriel fez três, mas viu dois serem anulados por impedimento. Mais uma vez fundamental para o rendimento ofensivo, o uruguaio abriu o caminho para a vitória. Já o camisa 21 precisou de apenas 27 minutos em campo para marcar de novo.

"A confiança existe, nós fazemos o trabalho bem direcionado. A vitória traz alegria e satisfação. Você começa a ter mais competição nas posições, isso ajuda a elevar o nível de competição do Flamengo", acrescentou Ceni.

Na próxima rodada, o Fla encara o Palmeiras, quinta-feira (21), às 19h, no Mané Garrincha. De ânimo renovado após encerrar uma sequência de três jogos sem vitória, o Rubro-Negro espera ter ajustado a engrenagem para chegar inteiro na reta final do Nacional.

Flamengo