PUBLICIDADE
Topo

Palmeiras

Palmeiras é o melhor do segundo turno. Mas como manter ritmo com 3 finais?

Abel Ferreira, durante treino do Palmeiras, na Academia de Futebol - Fabio Menotti
Abel Ferreira, durante treino do Palmeiras, na Academia de Futebol Imagem: Fabio Menotti

Thiago Ferri

Do UOL, em São Paulo

15/01/2021 04h00

Classificação e Jogos

Apesar da classificação para as finais da Libertadores e da Copa do Brasil, o Palmeiras não planeja abrir mão do Campeonato Brasileiro. Mesmo com calendário apertado com os mata-matas, o time lidera o returno, com 70,3% de aproveitamento e, a 15 dias da decisão continental, já tem uma estratégia pronta para manter-se bem no campeonato nacional.

Depois da desgastante classificação em cima do River Plate (ARG), na terça (12), o Verdão prepara mudanças para duelar com o Grêmio, hoje (15), às 21h30, no Allianz Parque, pela 30ª rodada do Brasileiro. A intenção de Abel Ferreira, porém, é mandar uma equipe capaz de manter o Palmeiras na briga pelo Brasileirão.

"Temos um elenco bem justo e minha função com os recursos que o clube oferece é gerir a energia e estar na máxima força em cada jogo. É nossa filosofia. Por isso, às vezes, não aceito quando falam que mudou muito [a escalação]. Se [os jogadores] estão aqui, é porque tem qualidade. Quem chega ao Palmeiras sabe da importância de representar este clube, que se alimenta de vitórias", avisou o português.

O Verdão tem 19 pontos em nove partidas no returno (seis vitórias, um empate e duas derrotas). O Grêmio tem os mesmos 19 depois de nove rodadas, mas com uma vitória a menos (cinco e quatro empates). São Paulo e Athletico, embora também tenham 19 pontos, já fizeram dez partidas e possuem aproveitamento pior: 63,3%.

Na sexta colocação com 47 pontos, o Palmeiras está a nove do líder São Paulo, só que com dois jogos a menos e o confronto direto previsto para o começo de fevereiro, no Morumbi. O time, portanto, ainda se vê como um postulante ao título, ainda que o caminho seja mais longo do que nas duas copas, em que se prepara para as decisões.

"A sorte é que jogamos um jogo de cada vez. Temos de gerir energia para estar na máxima força a cada jogo. As informações que vamos tirando, as viagens são longas, os gramados têm impacto físico tremendo. Eu gosto de saber os detalhes que fazem a diferença no futuro. Jogar no sintético, em gramas curtinhas ou altas e fofas. Estamos na luta nas três competições, ainda bem. É duro, é difícil, exige uma capacidade enorme, mas é melhor do que ficar em casa, no sofá, só assistindo", disse.

Até a final da Libertadores, contra o Santos, dia 30, o Palmeiras jogará pelo Brasileirão contra: Grêmio, Corinthians (dia 18), Flamengo (21), Ceará (24) e Vasco (27).

Diante do Sport, na rodada passada, a estratégia de poupar o elenco já foi colocada em prática: apenas Weverton e Zé Rafael começaram a partida na Ilha do Retiro. Do time titular, somente a dupla voltou a campo diante do River, no Allianz Parque, quando todos os titulares atuaram. Ainda assim, a equipe teoricamente reserva contra os pernambucanos contou com Luan, Raphael Veiga, Lucas Lima e Willian e venceu por 1 a 0.

FICHA TÉCNICA:

PALMEIRAS x GRÊMIO
Local: Allianz Parque, em São Paulo (SP)
Data: 15 de janeiro de 2021, sexta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Bruno Arleu de Araújo (Fifa-RJ)
Assistentes: Michael Correia (RJ) e Thiago Henrique Neto Correa Farinha (RJ)
VAR: Rodrigo Nunes de Sa

PALMEIRAS: Weverton; Marcos Rocha, Luan, Kuscevic e Esteves (Viña); Emerson Santos, Danilo e Raphael Veiga; Breno Lopes, Lucas Lima e Willian. Técnico: Abel Ferreira

GRÊMIO: Vanderlei; Victor Ferraz, Kannemann, Rodrigues (David Braz) e Diogo Barbosa; Matheus Henrique, Darlan, Alisson, Jean Pyerre e Pepê; Diego Souza. Técnico: Renato Gaúcho

Palmeiras