PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Mbappé vê falta de gols no PSG e sofre com onda crítica inédita na França

Getty Images
Imagem: Getty Images

João Henrique Marques

Do UOL, em Santos

15/01/2021 04h00

Com fama de "queridinho" francês, Kylian Mbappé passa por um período de sucessivas críticas da mídia na França, algo inédito em sua breve carreira. Em campo, as exibições recentes pelo Paris Saint-Germain são mal avaliadas, com um discurso de desgaste físico predominando a seu respeito. A falta de gols em jogos importantes, como na vitória por 2 a 1 contra o Olympique de Marselha na Supercopa da França, também prejudica o atacante em um período da carreira no qual a especulação sobre seu futuro domina o noticiário nacional.

Mbappé não fez gol em nenhum dos três jogos do PSG neste ano. Foi tempo suficiente para que o volume de críticas pelo desempenho virasse debate nos principais programas esportivos franceses. Uma discussão técnica também entrou em pauta por causa da quantidade de gols perdidos.

"Está doendo ver o Mbappé. É preocupante que não haja evolução no futebol dele", disse o jornalista francês Pierre Ménés na transmissão de PSG x Olympique de Marselha, pelo Canal Plus.

"Mbappé está em fase catastrófica. Claramente, ele sofre fisicamente Eu não me preocupo com uma falta de crescimento na carreira, mas sim com essa involução apresentada", disse o jornalista Rolland Courbis em transmissão na rádio francesa RMC.

O começo de ano de Mbappé foi nota 3 no empate por 1 a 1 diante do Saint-Etienne, pelo Campeonato Francês, na avaliação dos conceituados jornais L'Équipe e Le Parisien. Após isso, o treinador argentino Mauricio Pochettino chegou a ser questionado sobre a possibilidade de colocar o atacante no banco por causa das queixas do jogador de dores musculares.

"O Mbappé está em plena forma. E tenho confiança no trabalho dele. Ele treina bem e vai jogar", destacou Pochettino à véspera do duelo contra o Olympique.

Os questionamentos físicos em torno de Mbappé estão presentes desde outubro. Foi lá que o jogador disse estar vivendo momento complicado na carreira com a sensação de já estar em final de temporada pela falta de férias, após a disputa da fase final da Liga dos Campeões da temporada passada.

"Para mim, a sensação é que estou na partida 60 da temporada e não na nona. Tivemos uma maratona de jogos. Geralmente, quando se chega em uma final de Champions, você tem férias depois, mas nós não tivemos descanso", destacou Mbappé.

Após isso, o atacante francês ainda sofreu com lesão muscular na coxa e se ausentou de treinamentos no clube por 15 dias por testar positivo para Covid-19. Já no período recente começou a sofrer críticas pela falta de gols, tendo balançado as redes em cinco dos últimos 12 jogos do time.

Na Liga dos Campeões, Mbappé chegou a completar mais de um ano sem balançar as redes. Foram nove jogos no período até que o jejum fosse finalizado com dois gols na goleada por 5 a 1 diante do Istanbul Basaksehir, em dezembro.

"Entre os motivos para a queda de rendimento do Mbappé estão a debilidade física e também o problema psicológico encarado por essa falta de norte na carreira. Ele não sabe se fica no PSG ou joga no Real Madrid. E para sair do PSG ele quer sair no auge, com título, gols, gerando um ambiente de pressão a ele mesmo", explicou o jornalista David Opoczynski, em uma reportagem crítica ao atacante no jornal Le Parisien.

Mbappé tem contrato com o PSG até junho de 2022. Seu futuro está constantemente relacionado ao Real Madrid, mas a possibilidade de renovação contratual com o clube francês ainda existe. O atacante pretende ter uma definição do destino apenas ao final da atual temporada.

Futebol