PUBLICIDADE
Topo

Futebol

Débora: "Queda na Copa do Brasil ajudou Mancini a organizar o Corinthians"

Do UOL, em São Paulo

14/01/2021 04h00

Classificação e Jogos

O Corinthians conseguiu engatar uma boa sequência de resultados sob o comando do técnico Vagner Mancini e subiu para a oitava colocação do Campeonato Brasileiro ao golear o Fluminense por 5 a 0 na Neo Química Arena, no encerramento da 29ª rodada, se aproximando de uma vaga na Libertadores, objetivo do clube que vai ficando mais viável.

No Fim de Papo, live pós-rodada do UOL Esporte — com Vinicius Mesquita, José Trajano, Débora Miranda e Ricardo Rocha —, Débora analisa o bom momento do Corinthians e afirma que a queda diante do América-MG na Copa do Brasil acabou sendo benéfica para o clube em relação ao tempo para que Mancini pudesse recuperar o time, dando mais organização.

"Uma coisa que eu vejo no Corinthians, falando especificamente disso, eu acho que a melhor coisa que aconteceu para o Corinthians foi ele ter sido eliminado da Copa do Brasil e ter conseguido se concentrar no Brasileiro. Eu já dizia desde o começo, quando o Mancini chegou, ele começou a organizar por partes, porque não tinha um time, não tinha uma constância, ele até mudou jogadores de posição, a gente viu várias vezes ele trocando jogadores de posição", afirma a jornalista.

Para Débora, acertar novamente a defesa, contando com o reforço de Fábio Santos na lateral esquerda, foi a chave para que o treinador pudesse ajustar aos poucos o Corinthians para seguir visando a vaga na Libertadores, sendo que o alvinegro chegou a estar entre os quatro últimos neste mesmo Brasileirão.

"Acho que com esse tempo que ele conseguiu ter para organizar o time, ele foi aos poucos criando. Começou primeiro pela zaga, eu repeti diversas vezes aqui do papel importante do Fagner, depois veio o Fábio, que já deu uma solidez atrás também", afirma Débora.

Eu acho que, de trás para a frente, ele conseguiu ir organizando um pouco mais o time e criando um time que eu acho que ainda não é brilhante e não vai brigar pelo título, mas eu acho que é um time muito diferente do time que começou o campeonato sim, vem em uma evolução", conclui.

Futebol