PUBLICIDADE
Topo

Barcelona

Xavi aguarda eleição e deve voltar ao Barça a partir de abril, diz jornal

Ídolo do Barcelona é atualmente técnico do Al-Sadd e pode assumir, no futuro, um cargo de gerente do clube catalão - Eurasia Sport Images/Getty Images
Ídolo do Barcelona é atualmente técnico do Al-Sadd e pode assumir, no futuro, um cargo de gerente do clube catalão Imagem: Eurasia Sport Images/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

13/01/2021 10h17

Considerado um dos maiores ídolos da história do Barcelona, o ex-meio-campista Xavi, hoje técnico do Al-Sadd, deve voltar à Catalunha a partir de abril.

De acordo com o jornal Marca, o espanhol é cobiçado pelos dois favoritos à presidência do clube: Victor Font e Joan Laporta. As eleições acontecerão no próximo dia 24.

Caso Font vença o pleito, o veículo dá como "certeza" o retorno futuro de Xavi ao Barça. Os dois conversam há anos sobre um projeto de longo prazo e, nesta filosofia, o ex-jogador trabalharia como gerente-geral do clube.

Atual técnico do Barça, Ronald Koeman seria mantido no cargo neste cenário, e Jordi Cruyff, filho do ídolo holandês, assumiria o cargo de diretor esportivo.

O retorno de Xavi também deve acontecer em caso de vitória de Laporta. O ex-presidente, que já comandou o clube entre 2003 e 2006, tem uma relação de forte amizade com o espanhol.

Nesta hipótese, no entanto, a investida teria que partir do dirigente - e não há confirmação sobre o cargo que Xavi ocuparia no Barça. Porém, em caso de convite, "seria difícil para o ex-jogador dizer não", afirma o Marca.

Aos 40 anos, o técnico do Al-Sadd só voltaria para a Espanha em abril - e não janeiro - por questão de "palavra" com o clube do Qatar. Com contrato até 2021, ele tem uma cláusula que permite saída sem multa em caso de proposta dos espanhóis.

Barcelona